terça-feira, julho 02, 2013

O Primeiro Melhor Ano da Vida!

  Então um ano se passou, agora já estou em outra família em outro país, mas vim contar pra vocês um pouco do que vivi na Alemanha no meu ano. Claro que dá uma saudade, com o ótimo sentimento de dever - e sonho - cumpridos.

 Foi dia 1º de Junho de 2012 que eu cheguei na cidade de Braunschweig numa casa enorme com 3 meninos  bonitos e mimados, que aos poucos foram se acostumando comigo e eu com eles – o que não significa que nos amávamos, até porque eles sabiam que cedo ou tarde eu iria embora.

Meus loirinhos ;)
  Minha dica pra quem ainda não embarcou, já que eu não pensei nisso antes e não fiz, é: Faça uma wish-list pro seu ano, contendo desde compras, viagens a estudos e relacionamento com as crianças.

 Eu estudei, mas não tanto quanto deveria, poderia ter viajado mais se não tivesse meu namorado na Suécia [onde estou agora], poderia ter comprado menos roupas, pois dificultou a minha mudança ;) vivi dias sem dinheiro e devendo amigos, poderia ter me planejado melhor!
 Mas o imenso lado positivo foi que hoje sei conversar e escrever em alemão basicamente; ganhei muuuita experiência com crianças, porque eu tinha 3 meninos que gritavam e esperneavam por pouca coisa e eu aprendi a controlar isso sem ser capacho deles; vivi um ano no país que eu sonhava em conhecer há 4 anos e me adaptei muito rapidamente ao sistema, a andar de bike, à neve, aos costumes e comidas; aprendi que sou sozinha no mundo e tenho certeza que não deixarei de fazer qualquer coisa que eu queira por não ter ninguém por perto; aprendi que a saudade sempre está aqui, mas tem picos bem doloridos e acho isso normal; aprendi a ser mais organizada e a limpar e manter a casa melhor, pra quando eu tiver a minha; aprendi coisas sobre mim mesma que eu não tinha visto ainda, por ex. que eu prefiro ir pra escola mais vezes na semana possível pra não ficar relaxada nos estudos; vi verão quente como em SP, outono com as folhas lindas, inverno tão congelante que dava vontade de chorar e a neve pela primeira vez, a primavera com as flores e cores lindas; aprendi que foi uma fase com aquela família, mas que não foi só um ano que envelheci ou desperdicei, foi o melhor ano da minha vida até agora e (sem modéstia alguma) fico orgulhosa de mim mesma por ter tido a coragem de cair no mundo sozinha e ver no que ia dar.


 E eu espero que vocês também sintam orgulho de si mesmos quando terminarem seu primeiro ano. Porque vocês vão ver o quão difícil é sair da zona de conforto que temos em nossa casa, nosso trabalho e família, pra começar do zero em outro lugar ganhando pouco, mas vendo coisas que você nunca viu e sonhava em ver, desejando viver aquilo por muito tempo!

 Eis que dia 29 de Maio de 2013 chegou e eu chorei um pouco ao me despedir do meu menino mais novo e da mãe dele, que era tãão legal, e meu menino chorou também, já que éramos próximos. Eu já tinha uma nova família pra me dar boas-vindas, com aquele frio na barriga de começar tudo de novo, novo idioma e costumes, mais frio ainda no inverno, mas perto do meu amor e continuando a viver deste outro lado do mundo, por mais que doa não ter minha família por perto.

 Então se foi o ano que eu chamo de “primeiro melhor ano da minha vida”. O de au pair na Alemanha. :)

 E vocês, estão tendo o melhor primeiro ano da vida também? ;)
~

Meu blog pessoal
Meu Facebook

5 comentários :

  1. Adorei, me incentivou em um dia que acordei desanimada! :) Boa sorte!

    ResponderExcluir
  2. Anônimo3/7/13

    Quando voce foi pra Alemanha, já sabia falar alemão?

    ResponderExcluir
  3. Que texto simples e inspirador... me deu mais ânimo para tentar o meu sonho!

    ResponderExcluir
  4. Li teu post com uma emoção enorme! Quando fui pra Alemanha eu também cuidei de três guris. Foi divertido, engraçado, tenso, eu tive medo, quis voltar pra casa e agora que voltei não vejo a hora de poder viajar outra vez!

    ResponderExcluir
  5. Letíciaa!
    Que super legal teu post. Concordo com tudo, passados quatro meses aqui, penso que a única coisa que deixei passar em branco foi a lista de desejos para tudo, de poupar mais dinheiro, mas fazer coisas que se gosta e tal.
    Com certeza, tá sendo um ótimo início de ano para uma iniciante à au pair.
    beeijos e boa sorte!

    ResponderExcluir