quarta-feira, novembro 26, 2014

Ja estava escrito, é muito foco, fé e força.





Olá pessoal, Meu nome é Suellen, nova no Blog e espero compartilhar minhas experiências com vocês. Hoje vou contar de como foi meu processo. Foi sofrido, mas eu falo que foi um Milagre rsrs
Eu sempre quis fazer este tipo de intercambio, sempre trabalhei com crianças, meu primeiro emprego foi num Buffet infantil.  
Quando eu terminei o ensino medio eu falei para meu pai que queria comecar o processo. Como eu dependia muito dele, ele não o colocou muita fe em mim, e é obvio que disse não. Tambem logo depois disso comecei a namorar, e eles diziam para eu fazer primeiro uma faculdade.. Tudo bem, comecei mas isso nunca saiu da minha cabeça. E eu sabia que eu podia ir até com 25 anos.
Eu estava no quarto ano da faculdade quando me dei conta que este seria o ultimo ano que poderia tentar o processo Au Pair.
Então decidi em Dezembro que ia trancar a faculdade e ir. Achei que o processo era rápido, que demoraria no máximo 3 meses.
Comecei a movimentar os pauzinhos em Janeiro. Quando eu era mais nova fiz 3 anos de Wizard, mas é muito tempo sem praticar que eu não lembrava quase nada.
Bom fui à agencia conversei, elas falaram que não precisava falar avançado o inglês, so o básico. Então decidi pagar uma professora particular só para eu dar uma praticada. (E que professora, em 7 meses fez milagre comigo, Ana Cantadori obrigada por tudo.) Enquanto isso eu estava preenchendo as papeladas, fiz meu vídeo, e a cada dia que passava ficava mais difícil. Foram 4 meses preenchendo aplicativos, fazendo provas, eles foram bem rígidos comigo. Isso porque minha professora de inglês já tinha sido Au Pair e me ajudou muito!
Talvez se não fosse ela eu nem sei se teria conseguido hoje. Alias ela e minha Best friend Fabiana A.
Até que um dia elas falaram que estava tudo certo, só faltava eu fazer a ultima prova oral com uma das moderadoras da agencia dos Estados Unidos (Au Pair Fundation). Foi frustrante, eu entendi mas não sabia responde. Fiquei muito nervosa. Mas no dia seguinte, eu já estava On-line, fiquei disponível para as famílias me escolherem. Eu não tinha entendido nada, porque fui mal, eles me colocaram on-line!? Tudo bem melhor pra mim.
 Fiz esta prova umas 3 vezes. E na terceira eu percebi que eles estavam sendo bem rígidos comigo, pois eu já estava mais calma, já conseguia entende-los e responde-los, mas não sabia ao certo o que tinha de errado. Neste meio tempo entre uma prova e outra, as famílias entravam em contato comigo por e mail. E toda vez que eu respondia eles, eles não me retornavam mais =(
Descobri que a agencia dos Estados Unidos não me aceitavam. Eles diziam para as famílias que eu ainda não falava o inglês e que não ia dar para continuar o contato comigo. E assim ia me desmotivando, a agência não ajudava em nada!
Certo dia a menina da agencia aqui de Maringá, falou na possibilidade de eu não ser o perfil de Au Pair! Gente qual é o perfil de Au Pair? Eu não entendi, e aquilo me desmotivou totalmente. Já não queria mais fazer aula de Inglês, nem seguir mais com este sonho. Isso já estávamos em Agosto. Eu estava definitivamente com certeza que eu não queria ir mais. Conversei com minha professora e ela disse: Suh, você já não vai poder voltar para a faculdade fique tentando até novembro, e se não der, ai você volta a estudar. Ela tinha razão. Mas eu já não tinha forças, eu estava esgotada, parecia que eu estudava, me dedicava e nada!
Numa quinta feira fui a Igreja, e eu quase nunca vou. Mas senti uma imensa necessidade de pedir para Deus me ajudar. Eu não sabia se eu desistia de vez, ou ficaria esperando até o final do ano. Fui à missa, chorei, entreguei meu caminho na mao de Deus. Conversei com uma amiga e fui pra casa.
Na sexta feira decidi ir a agencia falar que eu não queria mais, definitivamente! Ficamos conversando bastante tempo, falei de tudo isso pra ela, pois pra ajuda, toda vez que eu ia na agencia aqui de Maringá,  era uma pessoa que estava cuidando do meu processo, nunca era a mesma.
Falei pra ela que eu não queria mais, que eles estavam exigindo muito e aqui no Brasil é impossível de falar fluente do jeito que eles queriam. E pedi para ela me tirar do Site. Falei que eu estava cansada de receber e mail de famílias e eles me travarem.
Ai ela falou: Mas você recebeu nestes últimos dias? Disse que sim, tinha duas famílias mas que eu não respondi pois sabia que eles não iam mais me retornar depois que eu respondesse.
Entao ela falou: Suellen espere um pouco..
Ela mandou um e mail para a organização dos Estados Unidos dizendo que ela colocaria a mão no fogo por mim, e que era para elas me darem uma oportunidade de conversar com estas famílias. A moça na hora respondeu que tudo bem, mas ela seria responsável se acontecesse qualquer coisa.
Na hora fui pra casa, respondi os e mails, e uma família me retornou. Eles mandaram logo uma carta, eles se apresentaram e depois fiquei sabendo que eles não gostavam de nenhum perfil de menina, e de mim eles gostaram, e eu adorei eles.
É um casal jovem que esta a espera de gêmeos. Eles gostam de viajar, ja tiveram intercambista na casa deles, ela  é  professora.. Nossa pensei isso é ótimo pra mim. Ela vai ter paciência de ensinar. Era essa mesmo. Me senti muito segura. Conversamos bastante por e mail. E ela sabia que eu não falava muito bem, então ela gostava de conversar duas vezes por semana comigo pelo Skype, para eu ir me acostumando.
O primeiro e mail dela foi dia 02/09/2014 ela estava em duvida entre eu e outra Au Pair. Ela não tinha muito tempo para escolher, mesmo porque ela ja estava para ganhar os babys. Ela me escolheu definitivamente meados do dia 15/09 nossa quase morri de tanta ansiedade. Mas coloquei nas mãos de Deus. Se fosse pra dar certo, ia dar certo! E deu! Dia 06/10 ela teve os babys. E enquanto isso eu estava na correria, fazendo treinamentos online, e corre atras de visto, e arruma a mala. Meu Deus que loucura!
Foi um milagre de Deus, foi Deus que colocou eles no meu caminho. A primeira família a conversar, foi a primeira que escolhi. Tive fé, esperança, força e agora tenho uma família abençoada. Deixo para contar deles no próximo post. Hoje faz exatamente 20 dias que estou aqui, e eu so tenho que agradecer a Deus e as pessoas que me deram forças e que não queriam que eu desistisse.
Se você realmente tem um sonho, Lute por ele, pois ninguém sabe o que passou antes de realiza-lo, quais foram as dificuldades, quantas lagrimas cairam, ninguém vai saber o que você sofreu, mas com certeza todo mundo queria estar, naquele momento, no seu lugar.
Gente obrigada, até o proximo dia 1.


7 comentários:

  1. Anônimo26/11/14

    Nossa, adorei seu post!! Estou na espera a um bommm tempo, já desanimei, já chorei, já quis desistir, mais tenho fé que minha hora irá chegar!
    Beijos, Mi!

    ResponderExcluir
  2. Amigaaaaaaaaaaaa Parabens pelo post parabens por ter conseguido seu objetivo que é estar ai hj!! Fico mto feliz por ter contribuido de alguma forma!! Aproveite cada instante ai!! Sucesso, td de bom e espero rever voce em breve! Saudades amo mto

    ResponderExcluir
  3. Amei seu post! Eu decidi ser au pair apenas há uns 8 meses e to na saga da cnh... ja pensei em desistir só por ter rodado na baliza 1 vez... mas sua história me fez ver que tudo que nós almejamos vem pra nós através de muito esforço.

    ResponderExcluir
  4. Olá Suellen, me emocionei com seu post e pode ter certeza que Deus te respondeu diante suas duvidas, estou me preparando para o processo e seu post me deu motivação enquanto ao inglês e fico feliz que deu tudo certo!!

    Kisses *-*

    ResponderExcluir
  5. Parabéeeeens e tudo de mais lindo para você aí! Amei o post. :***

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Suellen Hokazono28/11/14

    Parabéns Suuu... que dê tudo certo por ai! :)
    Que seja uma experiência incrível.. a primeira de muitas!
    Fico muito feliz por ter conseguido seu sonho...

    Beijão :*

    ResponderExcluir