quinta-feira, março 26, 2015

A lição de um beijo Americano

Oi pessoal!!!
Eis aqui a pessoinha que te escreve todo dia 12, maaas esse post esporádico esta no ar para cobrir alguém que eventualmente não conseguiu postar!! Enfim.. Inspirada hoje vim falar para vocês sobre o meu primeiro beijo americano! uii.. frio na barriga! 
Não me entendam mal por favor, eu não vim fazer sensacionalismo, ou expor minha vida íntima. Minha intensão nesse post é mostrar algo que eu descobri quebrando a cara. Vamos lá, vou explicar direitinho para vocês sobre o que eu estou falando...
Eu estava eu triste e carente.. Já ia fazer 2 meses que estava aqui no States, fui para uma baladinha com umas amigas Au Pairs aqui da minha cidade.
Conversa vai e conversa vem, alguns drinques, e chegam uns carinhas pra conversar com a gente! Até aí tudo bem! Bom, a baladinha americana começa por volta das 9 hs, o povo chega as 10, mas os caras só começam a chegar para conversar com as meninas por volta das 11:30, quando o álcool já fez algum efeito de coragem acredito eu. Levando em consideração que a balada termina impreterivelmente as 2 am. Sim. 2 am eles acendem a luz e te mandam embora! Sem dó nem piedade. Então, com todos esses fatores, sim, é muito pouco tempo para todo o processo. Blz, o carinha chega e começa a conversar, a maioria deles é bem educado, e agente com cabeça de brasileira muitas vezes acha que eles não tem muita iniciativa. Bom, eu com meu inglês de inicio de intercambio, não entendia tudo que ele falava, ele sempre repetia na maior boa vontade, falava de outra forma, gesticulava. Um fofo! Eu não tinha olhado ele  muito, vergonha master, comecei a reparar, ele até que era bem bonitinho. Branco com os cabelos pretos, cara de novinho, uns 24 anos no máximo. Mas tava valendo, a conversa fluindo até que ele pergunta se eu quero dançar. Crise de risos master. Mas é assim aqui gente, o cara pra saber se você está interessada, ele pergunta se você quer dançar. Muitos deles , se você diz que não, vão embora. Porque eles entendem que se você não quer dançar com ele, você não está interessada. E sim! É constrangedor!! Porque se você diz que sim, que você quer dançar, ele para na sua frente e começa a dançar, e você tem que corresponder! E Sim! É muito engraçado. Enfim, aí ele veio meio que pegando na minha cintura, com todo o respeito do mundo, mas querendo dançar junto. E pensa em algo sem ritmo! Eles parecem que não se importam se estão sexy, se estão no ritmo ou algo assim. Eles simplesmente balançam o esqueleto, e dançam! Vergonha a mil, risos internos, e lá estava eu no meio do lugar dançando juntinho com o Amercian Boy. A musica acaba e ele pergunta se eu quero uma bebida. Eu digo que sim, e ele foi buscar pra mim uma cerveja. Sim, eles são fofos e gentis.
Até aí tudo bem, ele volta com a bebida, conversamos mais... Até que ele pergunta se eu quero dançar com ele de novo.. Isso já era 1 hr da manhã, a balada já estava quase acabando,  eu pensando, Que coisa! Esse cara não tem iniciativa, vou pra casa sem nem um beijinho haha... Não me julguem! Ou julguem! Mas é que acostumada com os Brasileiros a gente estranha muito a cultura daqui.
Bom , lá vamos nós em mais uma dança, dessa vez ele já começou juntinho, aquilo tava bom, contato, carência, mil emoções.... Até que ele calmamente pergunta se eu dou a ele permissão para que ele me beije... Ele disse um monte de palavra difícil, eu não tinha entendido direito. E também porque a vergonha falou mais alto, eu não sabia o que responder, precisava pensar... A balada já estava acabando. E sim, a gente estranha porque Brasileiro já chega roubando beijo, e ele no final da balada vem perguntar se pode me beijar?? Gente, que constrangedor. Eu não sabia o que responder!... E eu disse Sorry! Eu não entendi direito o que você disse! E ele ainda dançando... mas em um ritmo mais devagar, com um sorriso nos lábios, olhou pra mim, e disse calmamente.... - Juliana, eu gostei de você, eu gostei de conversar com você, e eu respeito você, por isso eu estou te pedindo permissão, para poder te dar um beijo!
A cara da pessoa aqui vai lá no chão, e eu pensei em frações de segundo, o tanto que eu fui ignorante de julgar ele assim, que era lento, ou achar ruim dele pedir permissão para me beijar. Só aquela hora eu entendia, que a questão toda era o respeito!
E eu disse sim! E então ele me beijou... O beijo durou... e durou... e me marcou acho que não vou esquecer nunca a lição que aquele beijo me deu naquele dia!
Espero que tenham gostado! ;)

Juliana Dias

Instagram: Insta Ju Dias
Blog pessoal:Blog da Ju Dias


19 comentários:

  1. Juuu
    Adorei kkkk
    Fiquei imaginando aqui como isso deve ter acontecido rs.
    Beijoos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha que bom que gostou Leticia!!

      Excluir
  2. Adorei! ! Mais agora vc tá com o boy ou vc só ficou mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haaa Mariana a gente ta enrolado haha.. Nao sei se vai render! Se render juro que faço outro post!!! :)

      Excluir
  3. Anônimo26/3/15

    agente? Perai, você é au pair ou trabalha com o James Bond?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo26/3/15

    Jesus! Fui olhar olhar o seu insta e tem algumas fotos que tu ta parecendo a Paloma Faith :O

    ResponderExcluir
  5. Anônimo26/3/15

    Ju, você poderia fazer um post de como cuida dos cachos nos EUA? Vou pra lá ano que vem (se Deus quiser) e essa questão me preocupa um bocado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii.. Vou fazer sim pode deixar ;)

      Excluir
  6. Anônimo26/3/15

    Adorei !! Não vejo a hora de ir também !
    Mas falta muito :(
    Linda você, amei o seu cabelo. Como faz para deixa ele bonito desse jeito aí no EUA ? Na onde você está faz frio ? Faz um post sobre cuidados com cabelos cacheados aí, eu iria adorar , desde já agradeço XOXO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii.. Vou fazer um post falando! Aqui é frio sim, mas da pra cuidar bem fácil ;)

      Excluir
  7. Adorei, Juliana! Heheheeh... bem diferente dos brasileiros, né!
    Bju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Ananda! Muito diferente né?!

      Excluir
  8. Aah, eu achei que o post ia ser sobre um beijo ruim! Que amor!!! Adorei *-* muito fofo <3 eu já apaixonava!! Hahaha
    :*

    ResponderExcluir
  9. Anônimo2/4/15

    Depois conta se deu certo ju, adoro histórias de relacionamentos de au pair brasileira com os americanos. Mas são poucas que falam sobre isso! Bjoss

    ResponderExcluir
  10. Obrigada meninas!! Vou falar mais do assunto pra vcs saberem !! Tbm morria de curiosidade qndo estava no Brasil! haha

    ResponderExcluir
  11. Juuuu, que delicia hahaha (no bom sentido)....
    queria saber como é em relação ao numero de telefone.... é o mesmo do Brasil ou tem que mudar? e em relação a internet?

    ResponderExcluir
  12. hahaha Eu ri meu Deus que diferença

    ResponderExcluir