quinta-feira, junho 25, 2015

Estranhices alemãs


Eu cuidava de três alemãezinhos fofuxos e era cada coisa que eu ouvia! O menor deles tinha oito anos, o outro 10 e o mais velho 13. Eu passava a maior parte do tempo com o pequeno, pois era ele quem precisava de mais atenção, ajuda pra tarefa, alguém dizendo o nome dos amiguinhos que ele tem pra ele decidir pra qual ligar e chamar pra brincar, coisinhas assim. O do meio era um caso complicado, e eu deixava o problema pra mãe dele. ;D O mais velho não incomodava, mas às vezes falava umas coisas pra mãe dele que me davam vontade de surrar o guri! Mas o povo era todo estranho, então eu ficava na minha.


Certo dia enquanto eu brincava de Playmobil com o pequeno, ele me contava dos amiguinhos da turma dele, e que fulana gosta do fulano e o outro fulano gosta da fulana, mas a fulana não gosta, então não dá certo né? Pois é, não. Aí eu disse, pra complicar:
"Ich liebe die Pflanze" (eu amo a planta), pois tinha um vaso de planta do meu lado, onde eu estava sentada no chão.
"Aber du bist auch eine die" (aqui tem esse troço chato dos artigos, o die é plural ou feminino, ele quis dizer que eu não podia amar a planta, pois é "a" planta, e eu também sou "a", pois sou menina)
"Ja, das geht nicht" (é verdade, não dá certo), eu disse pra ele
"Du liebst der Pflanze" (tu amas o planta), ele disse
"Aber ist es die oder der Pflanze?" (mas é a ou o planta?), eu perguntei, pois nunca sei os artigos certos
"Die Pflanze, aber es kann der Pflanze sein" (a planta, mas pode ser o planta), ele disse, pra minha brincadeira dar certo. Achei isso suuuper fofo! haha

Mas o povo alemão é meio estranho e não entende essas brincadeirinhas. Um dia o pequeno passou a tarde com dor de barriga/cabeça, e não comeu nada. A noite a mãe dele trouxe umas torradas pra ele comer, e elas eram bem gostosinhas. Então eu peguei uma e comi também, aí ele me perguntou "Warum isst du auch Zwieback?" (Zwieback é o nome da bolacha, que é bem parecida com uma torrada. tradução: por que tu também tá comendo a torrada?), e eu achei a pergunta super estranha. Por que alguém vai comer torrada? Porque tá com fome, porque quer, porque o troço é gostoso, e aí eu respondi "weil es mir gesagt hat: 'melina, iss mich'" (porque a torrada me disse: coma-me, melina). E aí o guri não entendeu, e a mãe dele disse pra ele "Ich verstehe das auch nicht" (eu também não entendo). Mas os dois riram. Já me disseram que o povo alemão é meio sem graça pra esse tipo de "piadinha", maaaaas não é sempre que eu lembrava disso ANTES de fazê-la. ;D

Outra coisa engraçada era o tomar banho e o escovar os dentes (digo aqui e me refiro à família com a qual estou morando). As crianças NÃO escovavam os dentes todos os dias! E eu achava isso engraçado. Numa das primeiras vezes que eu fui colocar os dois guris mais novos na cama pra dormir, o mais novo me disse em resposta a minha insistência para eles escovarem os dentes: "Nós alemães somos diferentes de vocês brasileiros, nós não precisamos escovar os dentes todos os dias". Tu tá rindo aí? Pois é, também foi o que eu fiz depois de ouvir isso. Então eu contei pra mãe deles este fato cômico, e ela riu também, dizendo que, claro, as crianças tentaram me enganar (e isso era óbvio, né? eu não sou tão besta assim..rsrs)  e que eles deveriam escovar os dentes todas as noites (já que de manhã e meio dia não escovam, mas essa segunda parte ela não disse não). E então outra noite, quando eu estava no quarto com o pequeno enquanto ele se arrumava para dormir, a mãe dele disse "Ele escova amanhã de manhã", quando eu disse "Não esqueça de escovar os dentes". Vai entender?!

E a pérola desse dia foi do pequeno também! Depois da "brincadeirinha" da torrada que eles não entenderam, eu saí da cozinha (não por causa da brincadeira, mas porque já eram 20h e o pequeno deveria estar na cama, e eu já estava cansada de brincar. geralmente é a mãe deles que os leva pro quarto e faz o blah blah blah todo pras crianças dormirem, mas nesse dia aí ela demorou demais e, como eu já disse, eu estava cansada de brincar) e o pequeno veio atrás de mim, então eu subi as escadas para o segundo andar (onde ficam os quartos, tcharan!), e o pequeno continuou me seguindo, até que perguntou "Onde tu tá indo?", e eu respondi "Nós vamos para o teu quarto, pois jã são 20h e tu tens que dormir", e ele continuou me seguindo. Ele sentou na cama, ligou o rádio e o abajur e pediu que eu ficasse ali um pouco. Então ele leu duas páginas de um livro pra mim (depois de eu insistir muuuito, pois quando sou eu quem o leva pra dormir, sou eu quem lê), e aí finalmente deitou, mas não queria dormir. Então eu comecei a inventar desculpas pra descer, e uma delas foi "Ich muss noch duschen" (eu ainda tenho que tomar banho), então ele me pergunta "Warum musst du jeden Abend duschen?" (por que você precisa tomar banho todas as noites?), e aí err, ahn, é, pois é, "Es ist so wie Zähne putzen. Man muss das jeden Tag machen" (é como escovar os dentes. temos que fazer isso todos os dias), foi a resposta mais normalzinha que eu consegui encontrar no momento. Ele não acreditou muito e disse que não precisava escovar os dentes todos os dias. Então eu bolei outra resposta super criativa e disse que se eu não tomasse banho antes de dormir eu não dormia direito. Aí ele me deixou descer. haha

E num dia enquanto eu fuçava a geladeira, eu encontrei isso:


A mais estranha das estranhices alemoas!Nunca vi ninguém comendo, mas tinha esse troço lá. É um pedaço de peixe enrolado em cebola, em conserva. Galera come como aperitivo, e aqui no sul do Brasil tem em alguns botecos. Não é bom, apesar de alemão, mas tem gente que gosta.

E aí na tua família, o povo parece meio estranho às vezes? Também tem rollmops na geladeira? haha

Até a próxima pessoinhas o/




2 comentários:

  1. Mel, aqui tb tem umas estranhices na dispensa, e o lance de escovar os dentes tb eh real. Uma coisa que me estranha eh não ter tanque, tudo na máquina direto. É um dia a te comeu pão com queijo e umas salsichas na janta e dai, eu comi um pedaço de pão com nutella depois, a hosta fez a maior cara de nojo do mundo, ela tb achou estranho eu colocar catchup ou queijo ralado em cima do arroz ( na real não sei se isso eh estranho). Anyway, adorei o post

    ResponderExcluir