quinta-feira, outubro 08, 2015

Visitando a Host Family


Como havia prometido, hoje vou contar como foi visitiar a minha ex-host- family depois de 7 meses. Quando eu fui embora, fui com muita dor no coração e como alguns podem ter lido aqui, meus últimos dias não foram dos mais fáceis e penso que partir só não doeu mais porque eu sabia que cedo ou tarde teria que voltar,  pois deixei praticamente todas as minhas coisas ali. Eu saí de Amsterdam com destino a Itália (para obter a minha cidadania) e não fazia ideia de quanto tempo o processo iria levar. 

Foram meses sonhando com o retorno, porque acreditem ou não os meus sentimentos por aquele país, cultura e tudo o que eu vivi ali são maiores do que qualquer sentimento que já tive pelo Brasil. Porém, durantes esse tempo que estive distante parei pra pensar que se eu gosto tanto da Holanda e da família, e quero poder me comunicar melhor com as crianças, porque é que eu ainda não havia aprendido a língua (??) Foi então que minha ficha caiu e assim passeis os seguintes meses estudando holandês todos os dias durante várias horas e me aproveitando de cada turista nativo que conheci por ali, para praticar.

Pisar no aeroporto de Amsterdam me deu uma sensação de alívio, foi como se eu estivesse voltando pra ficar, do jeito que eu achava que tinha que ser. Quando cheguei em casa, as crianças me viram pela janela e ao abrirem a porta eu estava tão emocionada que quis até chorar, abracei todo mundo e comecei a usar meu holandês. Eles ficaram surpresos, obviamente, e diziam: "Você ficou meses na Itália e volta falando holandês, lol." Cheguei eram quase 20h, brinquei um pouco com as crianças, jantei com os pais e o meu feeling a partir daí foi apenas "Home sweet home'', como se eu nunca tivesse ido embora. As coisas estavam como sempre foram, exceto pelo fato de as crianças estarem bem mais crescidas.

O que a maioria de vocês deve estar se perguntando porém é: "como foi o contato com a atual Au pair deles?". No meu caso, ela foi uma parte essencial na minha estadia. Já haviamos passado uma semana juntas quando ela chegou (pra eu introduzi-la a rotina) e durante todos esses meses que estive fora, mantivemos contato.  Ela me recebeu de braços abertos, ficamos dividindo o quarto que agora é dela. E na minha primeira noite, apesar de ela não estar lá, foi super fofa de me apresentar as amigas para eu ter com quem sair, uma vez que a maioria do meu pessoal já havia ido embora.

Eu cheguei numa quinta e em teoria deveria ficar apenas até o domingo mas lógico que queria ficar muito mais e como disse anteriormente, a Julia* (nome fictício) foi uma parte essencial, pois o quarto é dela....quando perguntei à minha host ela, também, foi um amor e disse: ''Você é bem vinda pra ficar, contanto que a Julia* esteja Ok com a situação (já que vocês estão dividindo o quarto)". E eu, toda feliz, disse "Muito obrigada! Então, você quer saber quando eu vou embora?"  'Não, quando você for embora eu vou saber" e foi assim, que eu acabei passando um pouco mais de 10 dias naquele lugar que eu tenho orgulho de chamar de casa <3

Peguei 2 dias para "trabalhar" = ficar com as kids, pois estava morrendo de saudades e foi íncrivel ver como o comportamento deles mudou, para melhor! Minha menina de 8 anos, me surpreendia ainda mais, pois às vezes tinha a sensação de que estava falando com alguém muito mais velha. Na escola, os pais que eu conhecia ficaram surpresos ao me ver e não entendiam o que estava acontecendo mas fiquei feliz de rever todos eles. Não preciso nem dizer que os dias voaram, né. Até que, de novo, era hora de dar tchau. E devo dizer, dar tchau pela segunda vez doeu um pouco mais que a primeira. Mas sei que ainda vou voltar pra ficar!


Um comentário:

  1. Laura adoro seus posts! Nem viajei ainda e já imagino a dor que deva ser ter que dar tchau... :/
    Deixa te perguntar, eu tive um match com uma familia Italiana, não tenho a dupla cidadania e to perdidassa kkk Para começar, vc foi pelo aupair world tbm? Usou aquele modelo de contrato deles pra entrevista? Já falava Italiano antes de ir? E o curso, como escolheu?
    Desculpa ai mil perguntas... é que é muita coisa! rs
    se poder passar seu email (e deixar te perturbar um pouco mais com as perguntas) ficaria mto feliz XD haha
    bjo!

    ResponderExcluir