sábado, abril 30, 2016

E COMO VAI A ADAPTAÇÃO?


 Olá pessoal, mais um dia 30 grazadeus, eu aqui já completei 6 meses na Alemanha, então posso dizer que estou oficialmente mais que adaptada. Uma das milhares de coisas que assombra a vida das aspirantes de au pair, é adaptação. Com host Family, host kids, país, línguas, pessoas, lugares e comidas. Por mais que você já tenha vivido fora, ou mesmo já seja au pair, a cada nova oportunidade uma nova experiência não é mesmo?




Acredito que essa questão de se adaptar ou não a certos lugares e situações, é sim uma experiência muito pessoal. Porém, com base na minha experiência posso dar alguns conselhos a vocês, que estão com receio de não de adaptarem.
1-    Não tenha medo migos. É claro que vai ser difícil, mas faça sua parte conforme combinado com sua HF, plante o bem para colher isso mais tarde.
2-    Não tenha vergonha. Nem de falar mesmo que sinta que esteja errado, nem de questionar, nem de comer, nem de sentar na mesa com eles. Você tem direito a tudo isso, Au pair é um intercâmbio, então você esta em fase de aprendizado.
3-    Seja o mais amigável possível com  sua HF porém, tenha em mente algo: ELES TAMBEM SÃO SEUS PATRÕES.
4-    Participe ativamente dos compromissos familiares, PORÉM, lembre-se você não é parte da família. Vocês podem sim ter uma relacionamento lindo, mas o fato é que eles te pagam pra fazer o que faz, então respeite o espaço da família e ensine os a respeitar o seu.
5-    Tente conhecer bem suas kids, personalidade e etc. Isso te ajudará com o tempo a conquista-las e ganhar seu espaço e respeito.
6-    Faça amigos, colegas, encontre pessoas ao seu redor que você possa conversar, sair, beber. Quando sua vida tiver uma merda, vai fazer toda diferença.
7-    Mantenha contato com sua família e amigos no Brasil regularmente. Isso te mantem conectado com você mesmo, a gente muda num intercambio, mas nunca podemos esquecer quem fomos e da onde viemos.
8-    Seja grata, ainda que, não tenham feito mais que a obrigação.
9-    Não recuse coisas que você nunca provou, experimente. Vale para comida e experiências.
1- Não julgue como eles levam a vida. GENTE não importa onde você mora, vão existir SEMPRE diferenças culturais, Não julgue-os porque eles tiveram uma educação diferente da sua.
11- Ainda na mesma questão. RESPEITE a cultura local. E PARTICIPE dela. Ah mas é que no Brasil... Fofa você não esta mais no Brasil, desapega.
12- Seja mente aberta.
13- Saia, viaje, conheça lugares mesmo que seja sozinho (a).
14- Aprenda sobre a politica, cultura e história local.
15- Aproveite.

Durante esses 6 meses 1 semana aqui na Alemanha, o que posso dizer é que, não existe caminho certo, apenas viva da maneira mais intensa essa oportunidade que, sem a menor sombra de dúvida irá mudar sua vida. Aproveite, e aproveitar requer aprendizado e renuncias. Quando você sair do Brasil, você vai deixar la também grande parte das suas convicções e manias, e vai levar algumas consigo para trocar com novas que irá receber.
Isso, meus amigos, é INTERCAMBIO.




Te vejo próximo dia 30.

0 comentários :

Postar um comentário