segunda-feira, janeiro 22, 2018

O que foi essencial na escolha da minha host family

Olá Pessoal,

Espero que o primeiro mês do ano esteja sendo maravilhoso para todos. Afinal, nada como começar o ano com o pé direito e cheio de boas energias, não é mesmo?

Janeiro pra mim é um mês de reflexão. É o mês do meu aniversário e eu sempre acabo pensando em tudo que já fiz e em tudo que ainda quero fazer. Nesse primeiro aniversário de volta ao Brasil, depois de passar dois 7 de janeiros nos EUA, parei pra pensar em tudo que o Au Pair me proporcionou.

Cheguei a conclusão que, se os meus meses de Au Pair foram maravilhosos, foi porque eu tive sorte de encontrar uma família que me acolheu muito bem. Por isso, vim aqui hoje falar um pouco do que eu acho essencial em uma boa host family e o que eu considerei na hora do match.

Comida: o que pode e o que não pode?

Alimentação é essencial pra mim. Não sou a pessoa mais saudável da Terra, mas também evito comer fast food e comidas gordurosas durante a semana. Em compensação, amo um doce e não consigo me ver sem um chocolatinho no fim do dia.

Por isso, acredito que conversar sobre os hábitos familiares durante o Skype é super importante. A sua host family pode ter uma dieta diferente da sua e isso pode ser um fator de stress pra você. Afinal, nesse intercâmbio, tudo é uma caixinha de surpresas, e nem sempre ela é agradável.

Converse com a família se mesmo eles sendo vegetarianos, por exemplo, você pode comer carne na casa. Se eles tem alguma restrição alimentar, se você tem alguma restrição alimentar, se você pode acrescentar aquilo que come na lista de supermercado deles... enfim, converse sobre como é a alimentação da casa, assim você evita surpresas desagradáveis quando chegar.

Schedule: fim de semana trabalhando ou não?

Uma das questões decisivas para o meu match foi o meu schedule: iria trabalhar das 7 às 8:30 e depois das 15:30 ás 19:00. Meus finais de semana seriam off e quando os pais estavam off, eu também estava.

Era bem difícil eu trabalhar as 10 horas diárias e se trabalhei 5 finais de semana forma muito. Porém, essa é uma norma do programa e acredito que não podemos reclamar de cumprir o combinado. Por isso, é importante deixar bem claro no Skype o período que você vai trabalhar, como será os finais de semana, se você está disposto a trabalhar sábados e domingos.

Desse jeito, você já vai preparado para organizar a sua rotina de viagens, passeios e tudo mais!


Parte da família é diferente de passar 24 horas com eles

Eu gostava muito da minha família e gostava de passar meu tempo off com eles também. Mas ter a minha privacidade e o meu momento sozinha também eram importantes. Minha host family sempre me dava espaço para ficar com eles ou mesmo ficar trancada no meu quarto o dia todo.

Procure conversar com a sua futura host family sobre como ela entende esse seu tempo de individualidade e sobre o seu tempo off. Assim, você pode dar match com a host family mais parecida com você.


Essas são algumas das questões essenciais que me ajudaram a escolher uma família legal e que me proporcionasse bons momentos. Afinal, não é nada fácil ficar longe de casa sem um apoio e um ambiente agradável, não é mesmo?!

Espero que as dicas tenham ajudado!!






USA: e ai? já sabe onde conhecer nos EUA no seu ano de Au Pair? Aguarde os próximos post :)
                                 






Nenhum comentário:

Postar um comentário