sábado, agosto 11, 2012

Lá vem mais uma!


Alô meninas e meninos, futuros, atuais e ex au pairs! Esse é o mês de apresentações e, assim como as 10 meninas antes de mim, vim aqui contar um poquinho sobre a minha história. 

Pra não perder o costume, né, oooi pessoal, meu nome é Bruna (oooooi Bruuuuuuuna – Procurando Nemo style), tenho 24 anos. Na teoria eu curso Letras – Inglês na universidade (na teoria, porque né, greve desde maio), dou aula de Inglês há 5 anos (com um ano de “folga” pra ser au pair) e já cursei dois anos de Jornalismo (porque eu curto escrever e minha mãe mimimi não queria que eu prestasse vestibular pra Letras).

Eu tenho um pouquinho de cada uma delas (as meninas do blog) comigo. Mas, Bruna, como assim? Assim como a Talita, a Walquiria, a Renata, a Marysila, a Kamyla, a Isabella e a Bruna Totti, eu sou uma futura au pair. Assim como a Stephanie, eu sou uma ex au pair.

Eu sempre recebo aqueeeeela pergunta: sério que você quer voltar? Como au pair? E gente, de verdade, eu quero. Eu quero voltar, quero aproveitar minha host family, quero conhecer mais e mais lugares, quero aproveitar minhas amigas que já estão por lá e as que ainda estão chegando.

Fui au pair em 2010/2011 em East Meadow, NY. Long Island é incrível, tem muitos lugares legais, a ilha é LOTADA de cidadezinhas pequenas. Até Islip, as cidades são bem grudadas, cara de cidade mesmo. Depois de Islip, mais pra leste da ilha, as cidades ficam com mais cara de cidade pequena, as casas mais afastadas, mas é bem bonito.

a minha cidade é o balãozinho

Eu morei numa parte super com cara de cidade americana, com as casas bem parecidas, numa rua de infinitos de casas. Não é um dos lugares mais amigáveis do mundo – conhecia alguns poucos vizinhos, outros eu cumprimentava quando estava caminhando com o baby – mas nunca fiz amigos na vizinhança.

No meu ano, aproveitei muito a minha host family. Eu sou uma pessoa totalmente família, curto sair com meus pais e tios, aproveito ao máximo minha sobrinha (aliás, foi por ela que eu voltei). E lá não foi diferente. Eu me sentia parte da família e eu gostava das minhas kids como se fossem minhas (o bebê era praticamente meu, já que eu cuidei dele desde o primeiro fim de semana de vida do bichinho). Não me importava de ficar em casa com eles ou ir à praia num domingo que eu não trabalhava. Nossa relação sempre foi tranquila, mas acho que porque rolava um “uma mão lava a outra” lá em casa (o que conta MUITO nessa vida de au pair. Como dizia minha host mom “you give a little to take a little” ou algo assim).

Como eu morei há 40 min de NYC, eu ia muito pra lá. Mesmo sozinha, fazer compras. Aproveitei muito o Central Park e a Times Square. Adorava andar por lá e sinto muita falta. Sinto falta de fazer turismo cazamiga, de conhecer cidades novas, de re-conhecer lugares que eu já havia ido mil vezes (e que era diferente com cada pessoa que eu ia). Sinto falta do inverno (whaaaaaaat?), de ver a neve caindo, de patinar no gelo no Bryant Park.

ai, nyc, como você é linda!

Tem mil motivos pelos quais eu quero voltar, mas o mais importante é que: eu não queria voltar. Por mim, eu teria ficado mais com a família. Mas o dia que a minha irmã ligou contando que estava grávida... Simplesmente peguei meu baby no colo e fui bater na porta do back room (host mom trabalha em casa), chorando, e não me aguentei quando soltei um “can we talk? I’m going home”. Minha host entendeu, mas eu fiz QUESTÃO de falar que era porque minha irmã estava grávida. Eu acho que nunca me perdoaria por passar o primeiro ano do meu baby com ele, mas não passar com a minha sobrinha.

Enfim, inicialmente eu queria voltar quando terminasse a faculdade (com uns 26 anos). Mas, o que acontece pra me fazer pensar? Greve, a greve acontece pra me fazer pensar! E se eu pego mais uma greve e demora mais 8293487283462 anos pra eu me formar? Agora, não sei... Quero ir agora, mas vamos ver o que dá =)

Vou deixar meio aberto meu fim de post - se alguém quiser saber alguma coisa específica, pode comentar pedindo. Já tenho um assunto em mente pra setembro, mas em outubro eu quero fazer um post meio que compilando dúvidas e assuntos que vocês preferem ler por aqui (e, se não tiver nada de pergunta, dúvida, sugestão, eu arranjo outro assunto HAHAHAHAHA sem problemas né!). 



Beijos, vocês!

16 comentários:

  1. Fala aiii xaraaaaaaa!!! Temos muito o que aprender contigo em... Garota vivida!! rsrsrs Brincadeira, mas verdade, sabe?! rsrs
    Muito legal você querer passar mais um ano como au pair. Isso é pra calar a boca de mtas que voltam e falam horrores desse programa. :D
    Pode ter certeza que sua história será inspiração pra várias meninas!!! (eu, eu, eu tbm)
    E como vc deixou meio aberto, se vc pudesse fazer um post sobre "como se dar bem com a host family" acho que seria um sucesso. Eu mesmo leria mil vezes e anotaria tudo rsrsrsrs
    O post ficou mara!! :)
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. E vamos nós passar mais um tempo!!! Adooorei seu post Bruna! Parabéns =)

    ResponderExcluir
  3. awh. <3
    e dessa vez EU vou visitar. to nem aí. (: mentira. i'll try.
    you enjoy the best of both worlds.
    love ya.

    ResponderExcluir
  4. Me leva junto, noivinha! HAHAHAAHAHAHAH!

    ResponderExcluir
  5. Leeeeevo, você cabe na bolsa! ahahaha

    ResponderExcluir
  6. Totti! Não sou super experiente, mas posso ajudar! hahahaha Gostei da idéia, super farei um post sobre isso. Talvez até dê pra mesclar com a idéia do próximo post =D

    ResponderExcluir
  7. Stééée, cê é uma fofa!

    ResponderExcluir
  8. ESPERO MINHA VISITA SIM, guarda dinheiro desde já =)

    ResponderExcluir
  9. Muito legal o seu post! Boa sorte no seu processo!!!!

    ResponderExcluir
  10. Continuando o comentário da Totti, na minha opinião, as meninas que voltam falando horrores do programa são as que não fazem parte do perfil de alguma forma; seja pq chegaram lá e viram que cuidar de criança em tempo integral não é pros fracos, [e/]ou pq acharam que tudo seriam compras e festas... enfim. Mas eu amei a sua cidade ser perto do Queens! Nunca fui muito fã de NYC, mas sempre amei alguns pontos, como Long Island, Queens, Bronx, Brooklin... Central Park! Menina, como eu tenho fascínio por este lugar!
    Nem preciso dizer que seu post ficou ótimo, o segundo melhor (o primeiro é o meu, claro!), né?!
    bjo, bjo!

    ResponderExcluir
  11. Bianca12/8/12

    Oi Bruna!

    Vc chegou a completar o primeiro ano então?

    Eu voltei antes da hora...Fui AP em 2009 mas fiquei 6 meses só.
    E agora estou quase fechando um match pra ir de novo em outubro...

    Queria tanto encontrar alguma outra AP que tenha passado pela mesma situação...Achei uma no FB mas ela ainda não me respondeu...

    Anyways...
    Adorei o post! ;)

    ResponderExcluir
  12. Adoro a história com a sua sobrinha, você sabe, né?! ^_^

    ResponderExcluir
  13. Bruna, como está o seu processo atualmente?
    Eu to online há poucos dias, tem uma família do Texas bem roots olhando meu perfil, me interessei pelo estilo de vida deles. E tb pq eles tem só um baby de 7 meses.
    O que vc me diz de lá (TX)??
    To agoniada com essa história de esperar um match pq minha vida tá meio bagunçada c essa história de intercâmbio e eu precisava ir as soon as possible pq tenho medo de desistir se demorar mt..

    ResponderExcluir
  14. Então, meu processo só vai recomeçar lá pro fim do ano, mesmo. hahaha Então, atualmente não tenho muito o que contar. Mas quando eu fiz tudo isso, foi tudo rápido. Questão de um mês que eu tava online, já tinha fechado match. Mas não vai pra qualquer família pela pressa, analisa bem os fatos!

    Eu acho Texas MARA, era o estado que eu mais queria ir, quando fui au pair da primeira vez. Falei com uma família do GAP lá, mas me segurei, porque eles queria sem agência. Acho que depende muito da cidade que a família for. Tem que ser cidade grande, porque acho que lá as cidades pequenas são bem pequenas, coisa de filme de interior sabe? Procura no google sobre a cidade e tudo mais. A idade do baby é óóótima, adoro bebês e nessa época eles tão uma delícia! =D

    ResponderExcluir
  15. Eles saíram do meu perfil! =\ Ficaram com ele 1 semana, não entraram em contato e saíram.
    Nossa.. eu não sabia que este programa era tão doloroso assim.. Entrei no site da culturalcare.com e vi a quantidade de candidatas, é gente que não acaba mais! Tô desanimada... =\ Sei que meu perfil está online há pouco tempo, mas na minha cabeça eu estaria viajando em Setembro. Pelo que estou vendo, vai levar mais tempo....

    ResponderExcluir
  16. Bruuu, vc tem sim um pouco de todas as meninas do blog, e tem tanto de mim. Quero comentar isso aqui... Sua história parece a minha e eu te desejo toda a sorte desse mundo!! Tomara que seu segundo processo seu rápido!! Mas me explica: vc vai voltar pra mesma família?! Ah tomara que sim porque Ai a gente se encontra em nyc e escuta train juntas!!
    So de ler suas palavras aqui da pra perceber que vc tem um coração gigante e teu amor pela tua família me encanta!
    Lindo post e que esse final aberto se preencha logo com um monte de noticia boa!!
    Beijos

    ResponderExcluir