sábado, março 02, 2013

Como é o processo pra ser Au Pair na Alemanha?


Vocês já pensaram em ser Au Pair na Europa? A seguir vocês podem conferir passo-a-passo o processo pra trabalhar na Alemanha, sem precisar de agência (a primeira vista parece difícil todo o caminho até o tão esperado "Visum", mas, acreditem, não é)!

meu visto lindo :)

Olá, pessoas lindas, aqui estou eu de volta, dessa vez pra falar sobre o processo pra ser Au Pair aqui na Batatolândia [sim, Alemanha]. Pode parecer maluquice pra quem nunca teve contato com a língua ou nunca visitou o país, mas pra mim era assim e eu me joguei. Não é obrigatório ter agência, só é mais chatinho. Então, comecemos - primeiro de tudo, requisitos:

- Idade mínima de 17 anos e máxima de 24 anos, no dia do requerimento do visto;
- Bons conhecimentos da língua alemã [eles pedem pelo menos o “A1”, mas quem não tem certificado, eles fazem uma entrevista em alemão, que foi o meu caso];
- Ensino médio completo.

Deveres da Au-Pair:
- Cuidar das crianças e ajudar nos serviços de casa [limpeza, cozinha, roupas, etc] durante aproximadamente 5 a 6 horas por dia e no máximo 30 horas por semana.

Compensações que o/a Au-Pair receberá da família anfitriã [Gastfamilie]:
- Hospedagem em um quarto individual e alimentação gratuitas;
- Integração na vida familiar, bem como acesso a cursos de língua alemã;
- Mesada mínima de atualmente EUR 260,00
- No mínimo um dia livre por semana;
- Ticket mensal para o transporte público local;
- Seguro saúde, seguro contra terceiros e seguro contra acidentes;
- 1 mês de férias remuneradas, ou a soma de 2 dias por mês trabalhado.

 Algumas observações e dicas importantes, pois sempre virá a dúvida:
- As famílias não são obrigadas a pagar os cursos, na Alemanha. Então vocês terão que ver se a família está disposta ou não a pagar [a minha não ia, mas quando cheguei, decidiram que pagariam 1/3 dos cursos. Eles se interessam em pagar porque podem abater do imposto de renda - ixpértinhox]
- A Au Pair tem que se encarregar dos custos de viagem [é, e não é nada barato...]
- Quando a família fizer o contrato, peça pra eles traduzirem se estiver tudo em alemão, mas peça para alguém que conhece a língua verificar pra você se está tudo ok antes de assinar. Nunca se sabe, né?!
- Sobre as férias, eu aconselho vocês a fazer como eu fiz/faço, se a família concordar: não pegue 4 semanas corridas. Eu peguei uma semana no verão, uma no outono, uma no final do ano pras festas e ainda tenho mais uma pra tirar nos próximos 3 meses. Além da minha amada gastfamilie ter me dado uma semana a mais de “presente” entre Natal e Ano Novo. Normalmente tenho férias quando as crianças estão de férias da escola também.
- Quando quiserem viajar de final de semana, conversem com a família para tirar a 6ª feira livre e trabalhar um sábado ou domingo quando eles precisarem.

O site que eu vi muitas famílias boas e recomendo é o Au Pair World, já que eu fui sem agência, mas deu tudo certo.

 Doctos necessários [coloquei os links de download pra facilitar]:
- Passaporte com validade mínima de um ano a partir da data de entrada na Alemanha – original e duas cópias da página com os dados pessoais;
- Formulário “Requerimento para concessão de um visto nacional” (preenchido em duas vias)  [Veja aqui];
- Duas fotos atuais (3,5 x 4,5 cm com fundo claro);
- Se o requerente possuir: Certificado “Start Deutsch 1” do Instituto Goethe (com duas cópias). Caso o requerente não tenha este certificado, será mantida uma conversa em alemão com ele no dia da entrega do requerimento de visto;
- Contrato entre a Au-Pair e a família-anfitriã (duas vias) [Link contrato em alemão   // Link contrato em inglês];
O contrato deverá conter, no mínimo, as seguintes informações: 
. Denominação exata das partes (familia-anfitriã e Au-Pair);
. Início e duração do contrato;
. Obrigações gerais da família-anfitriã e do Au-Pair;
. Definição do valor da mesada (atualmente o valor mensal mínimo é de 260 euros);
. Compromisso da família-anfitriã de contratar e pagar um seguro para acidentes, doença, gravidez e parto a partir da chegada do Au-Pair na Alemanha;
. Definição da carga horária de trabalho (no máximo 6 horas diárias e 30 horas semanais; no mínimo 2 dias úteis de férias para cada mês).

Então com passaporte, cópias, fotos, duas cópias do requerimento de visto, duas cópias do contrato assinadas por você e pela família e, se tiver, certificado, é só comparecer no Consulado da Alemanha mais próximo [no meu caso era em São Paulo]. Chegar lá, dizer que é requerimento de visto para au-pair, torcer pra que quem te atenda seja uma boa pessoa que tenha paciência, principalmente na hora da entrevista.
Eu tenho um doc com as possíveis perguntas, que eu tinha juntado de uma galera que postou no Orkut [sim, haha] e de uma amiga que tinha passado pela entrevista também. Se alguém quiser a lista em alemão, só me pedir por e-mail que eu mando. Pra mim perguntaram: meu nome, de onde eu sou, se tenho irmãos, quem é a Gastfamilie, quem são os Gasteltern [pais], quantas crianças tem, quem são elas, de onde são, por quê escolhi a Alemanha, o que quero fazer lá, onde aprendi alemão e há quanto tempo estava aprendendo, se já tinha trabalhado com crianças e onde, onde achei a família, do que eu trabalho no Brasil [e que idiomas eu falo, porque era recepcionista bilíngüe]. Essas são as que eu lembro, pelo menos.

Dando tudo certo nestes 10 minutos que parecem que demoram a eternidade pra passar, você tem a opção de deixar o passaporte lá e pagar uma taxa de uns R$ 20,00 de sedex se quiser que eles te mandarem por correio quando ficar pronto, ou voltar com seu passaporte lá quando te avisarem por e-mail [eu voltei lá quando ficou pronto, e não demorou nem 5 minutos pra colarem o papelzinho do visto no passaporte]. Este visto vale por 3 meses, é praticamente pra você entrar no país legalmente. Quando chegar na sua cidade, a família leva até o cartório/escritório pra estrangeiros pra requerer o visto de um ano e tal, que vem como um cartãozinho, bonitinho :).

Eu nos primeiros dias aqui, quando aconteceu a Eurocopa ;) 

Docto informativo sobre requerimento de visto Au Pair na Alemanha, clique aqui.


Fontes:

Eaí, o que acharam? Muita burocracia? Foi muito diferente do processo de vocês [sendo na Europa ou em outro lugar]?

Até a próxima, beijinhos!

~
Meu blog pessoal
Meu instagram
leticianwa@hotmail.com 

17 comentários:

  1. Genteee!!! como é diferente, não parece ser tãão dificil não!
    Mas muito legal, e corajoso lol

    adorei o post Leticia!
    beijo

    ResponderExcluir
  2. Le ADOREI o post!
    Ficou muito bem explicadinho e detalhado!
    Cabo todas dúvidas que podia ter! HAHAHAHA
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o post!
    Estou nessa fase também, tive o match com a minha família (também da Alemanha) dia 27 e estou esperando chegar o contrato e no consulado.. Você poderia me passar as perguntas em alemão? Meu email é: amandamuugarosa@gmail.com
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Anônimo3/3/13

    Acho que só em Recife que é diferente.. Aqui nós temos que fazer uma prova para comprovar o nosso nível de alemão no único curso de Alemão reconhecido pelo Consulado, e fica tudo mais caro e mais difícil, já que o curso quer que a gente faça o curso pra poder viajar e começam a complicar as coisas pro lado da gente -.-' Estou na luta estudando que nem uma louca porque eu não sabia dizer nem um 'ai' em Alemão :~
    Amei as dicas, vou me esforçar mtmtmt

    ResponderExcluir
  5. Anônimo6/3/13

    já que você falou da Alemanha, conhece alguem ou sabe algo sobre au pair na França?

    ResponderExcluir
  6. Também estou na Alemanha, e em um mês volto para a minha pátria amada, Brasil!!! *_* Vim sem agência, e conheci a família por meio de uma amiga da minha professora de alemão; ou seja: pura sorte. A minha entrevista eu fiz em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e me perguntaram meu nome, onde eu morava no Brasil, se a cidade era grande (?), de quantas crianças que eu cuidaria na Alemanha, porque eu escolhi aprender alemão, e SÓ isso. Mais fácil que a prova do Goethe..rsrs

    ResponderExcluir
  7. Oi, Letícia, também gostaria do questionário

    ferne.q@gmail.com

    Ótima postagem!
    Obrigada

    ResponderExcluir
  8. Anônimo1/9/13

    Olá, você poderia me encaminhar as possíveis perguntas que são feitas no consulado, por favor? muito obrigada
    alinealcantara@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Anônimo11/12/13

    ola poderia me mandar as perguntas, obrigado
    cbc-12@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Por favor Le, tbm quero as perguntas e td mais de doc ulteis q vc tiver rs ;) Mto obrigada! bjoss pri_felix@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Amei seu post, ainda estou amadurecendo a ideia de ser au pair, mas quero ir pra Alemanha, então me manda por favor as possíveis perguntas?
    kellyrosendo2011@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!! Adorei o post, sensacional! Vou ser male au pair na alemanha, em Julho 2014. Você poderia me passar as perguntas em alemão da entrevista por favor?? E-mail: rayner.english@gmail.com - Danke!!

    ResponderExcluir
  13. Ola... Seu post me ajudou muito... gostaria que me enviasse se fosse possivel por e-mail as possiveis perguntas.... Desde já agradeço.

    luciani.c@hotmail.com

    ResponderExcluir
  14. Anônimo2/4/15

    Olá! Você poderia me enviar o questionário? Obrigada!

    erdbeere@erdbeere.33mail.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Acabei de fazer a minha entrevista no consulado de Porto Alegre.
    O cônsul foi SUPER simpático, viu que eu estava nervosa e me ajudou bastante nas respostas! Ele ficava sacudindo os braços e dizendo para eu ficar tranquila... E funcionou!
    Ele perguntou meu nome, o que eu estudo, há quanto tempo, onde eu moro, se tenho experiência com crianças, se conheço alguém que fala alemão, se sei cozinhar, o que eu cozinho... Acho que foi isso! Não levou nem 3 minutos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,

    é necessario saber o alemão para responder essas perguntas ou eles te dão o visto mesmo que você não saiba e só enrole?

    ResponderExcluir
  17. oooii, me passa as perguntas em alemão? por favorziinhoo.
    bruna.balieira@gmail.com

    ResponderExcluir