domingo, agosto 18, 2013

Sobre buscar a Paciência.

"A Paciência é o primeiro degrau, Gabriella."

- É, eu sei. E é por isso que estou aqui.

---

Estou certa de que muitas meninas, como eu, passaram pela crise da "não tenho paciência". Não poderia dizer que estou nessa crise, mas passei por ela durante algumas horas, em dias seguidos nas duas derradeiras semanas. E vou contar o porquê.

Sou uma pessoa que costuma caminhar bem no meu ritmo, sem me impor muita pressa, nem muita pressão. Não que não saiba trabalhar sob pressão. Não é isso! É que prefiro ter tempo para desenvolver todas as coisas, cada uma a seu tempo, cada uma com uma perspectiva diferente e, consequentemente, com um aprendizado diferente. Isso não significa dizer que sempre obtenha esse tempo. Às vezes (não raras vezes) não tenho todo esse tempo.

Estive dando um gás a mais em busca da documentação que faltava, das que precisava deixar organizada, das que ainda tenho que organizar e comecei a perceber o quanto ainda tenho para resolver. Ultimamente, são essas as minhas tarefas na minha "to-do list" pregada no meu espelho: organizar, vender, descartar, doar... comprar isso, comprar aquilo, não comprar isso, não comprar aquilo.

Acredito que tenha me perdido na não-paciência pelo fato de estar trabalhando um pouco mais do que estive acostumada desde o ano passado. Agora trabalho numa Escolinha de manhã para poder agregar mais horas ao meu application, além de todas as atividades que continuo tendo no trabalho. E foi então que surgiu a não-paciência.

Durante alguns momentos pensei e repensei (de novo e mais uma vez) sobre esse plano de me tornar Au Pair aos 25 anos de idade (daqui a 29 dias é meu aniversário  \o/ ), formada, com possibilidade de conquistar um bom programa de trainee, ou investir em uma pós, mestrado ou outra formação.

E, então, atingi o que chamo de temperança (equilíbrio). 

Quero fazer o intercâmbio, tanto quanto quero me dar a oportunidade de muitas outras coisas quando regressar. Quero poder realizar esse desejo e poder ter mais histórias para contar. Quero contar para os meus (futuros) filhos o quanto foi bom conhecer outra cultura e o quanto fui feliz e tudo que experienciei por lá. Quero poder dar-lhes a oportunidade de também vivenciar esse outro lado do viver: to take risks.

A paciência e a temperança hoje tomam lugar (espaçoso) em meu peito. Não sei durante quanto tempo, mas espero que fiquem bem e que se alojem e que se sintam confortavelmente em casa.

Lição do mês: Exercitar a PACIÊNCIA e a TEMPERANÇA.

E é isso que tenho por hoje!

Boa caminhada pra gente!

Até mês que vem!

"There's no place like home." - said Dorothy
Home is the place where um can be yourself and every torment will be laid up and solved. - I say.

-------
Quer ler mais sobre mim? Acesse:
Siga-me@gabriellassa

18 comentários:

  1. Anônimo18/8/13

    Sou Giselle
    Muito bom o post, parece até eu falando srsrrss, também vou ser Au Pair aos 25 e estarei formada também..tenho 23 e ainda falta um pouco pra mim....medinho de não conseguir, mas no fundo eu acredito no melhor.. sucesso pra todas nós! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giselle! Bem vinda ao dia 18!

      Decidir fazer o intercâmbio somente depois da faculdade foi a melhor decisão que podeira ter tomado. Se fosse durante o curso, estou certa de que, ao retornar, não conseguiria concluí-lo.

      #CadaCoisaTemSeuTempo

      Caminhe em seu curso da melhor maneira que você puder. O medo faz parte do processo. Minha avó sempre diz: "Acima do medo está a coragem, minha filha..." e eu te convido a seguir os conselhos da minha vózinhae seus 83 aninhos de sabedoria!

      #Sucesso!

      Excluir
  2. Tbm serei Au Pair aos 25...heheh Embarco dia 23 de setembro ;)
    Em que altura está seu processo?
    Adorei a temperança!
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Você também passou por esse aperto todo? Chamo isso de "Crise dos quase-lá nos 30" rs!

      Acabo de submeter meu application a aprovação. A agência está verificando minhas referências e, em breve estarei recebendo os próximos passos.

      Vai morar onde? Talvez nos encontremos por lá!

      #Sucesso

      Excluir
  3. Estamos todas juntas :)
    Também serei AuPair com 25!
    Aliás, dá um bom nome de blog... haha
    Beijão e boa sorte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Aline!

      Que coisa, não? Você também se sentiu "#pqp tô velha", porque, como disse acima, de vez em quando me bate essa "Crise dos quase-lá nos 30" que vou te contar, viu?

      Mas vamos "apontar pra fé e remar"! Confiar que tudo vem a dar certo!

      #Sucesso!

      Excluir
  4. Acho que temos um grande grupo de Au Pair aos 25, hahaha. Muito bom e digno o seu texto Gabriella, acho que traduz muito do que muitas meninas sentem e vivem durante essa decisão de ser Au Pair.

    Concordo com a síndrome do 'quase 30 anos', assim como penso: caraca, vou ter 1/4 de século de vida, isso é muito estranho,rs, ou metade pros 50 ... teorias e pensamentos à parte: "Mas vamos "apontar pra fé e remar"! Confiar que tudo vem a dar certo!" [2]

    Beijos e parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larissa!

      25 anos é mesmo uma idade cheia de surpresas! Angústias, poderia dizer.

      Acredito que sejamos corajosos pelo simples fato de, "com 1/4 de vida", - ou com metade de 50 - tenhamos resolvido dar essa virada em vários planos.

      Espero que Deus continue a nos guiar!

      #Sucesso

      Excluir
  5. Olá meninas (os)

    Sou futura Au Pair e ainda estou no processo inicial de preencher formulários, ganhar mais horas de experiência... Ler suas experiências, dicas e apoio é muito animador!
    Deem uma visitada no meu blog, ainda com pouca coisa, mais com certeza com muitas publicações no futuro!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thália!

      Bem vinda a esse universo peculiar de ser Au Pair-blogueira.

      #Sucesso em sua caminhada!

      Excluir
    2. Muito obrigada Gabriella! Adoro ler os posts de vocês

      e...acabei esquecendo de colocar o link do meu http://brazucaupair.blogspot.com.br/

      Valeu! Bjos

      Excluir
  6. Gabriella estamos juntas nessa! E todos os sentidos.. recém graduada, trainee, creche, só que eu vou fazer 24 anos ...
    Algumas pessoas falam q meu tempo já passou, mas eu acho que na verdade essa é a idade certa pra eu fazer isso.
    Somos doidas por pensar nisso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Vanessa!

      Não acho loucura o que estamos nos dispondo a fazer, mas, sem dúvida, estamos fugindo do regra.

      Todos esperam que com essa idade nós estejamos pensando em mercado de trabalho, pós, casamento, filhos, carro, casa... e nós optamos por realizar desejos bastante pessoais, seja por necessidade ou por vontade mesmo.

      E concordo com você quando diz que é a idade certa. Como diz uma amiga minha: viajar o mundo com 20 poucos é lindo, encantador e vasto... tente fazer isso aos 40 e poucos!

      #Sucesso pra gente!

      Excluir
  7. Oi, pessoal. Eu ainda tô no começo de tudo, preciso correr atrás de tanta coisa... Mas já coloquei como objetivo de vida ser au pair. Gostaria de informações, de todas as possíveis. Se alguém puder conversar comigo sobre isso, me dar pelo menos uma orientação, vai significar bastante.

    Meu e-mail é daigvasconcelos@gmail.com

    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  8. Oi, Daiane V!

    Posso te dizer? Você entrou no lugar certo! Aqui no blog das 30 Au Pairs você acha de tudo! Desde perfils pessoais, passando por desabafos, causos, histórias e muitas (muitas!) dicas!

    Tá vendo essa lupazinha aqui do lado esquerdo? Pesquise sobre suas dúvidas, Sugira posts com dúvidas que você ainda tenha! Estamos a disposição para recebê-la e acolhê-la!

    Bem vinda a este vasto-louco universo de ser uma futura Au Pair!

    Esteja bem!

    #Sucesso

    ResponderExcluir
  9. Anônimo3/9/13

    Todas que pretendem ser au pair serão maiores de idade em USA ,o que vocês acham de garotas que pretendem ir com 18 como eu rs ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, "Anônimo",

      Devo dizer que há todo tipo de opinião a esse respeito. Algumas dizem que é legal porque você sai e volta para o Brasil em um tempo legal de entrar na faculdade com uma idade relatividade comum aqui no país.

      Outras candidatas dizem que ser au pair aos 18 é barra, porque você não vai ter muito o que fazer em seu tempo livre, uma vez que as baladas/festas por lá são, em sua maioria, para o público maior de 21 anos.

      Se você já bebe, já vai free para balada sempre que quer, tem toda liberdade que seus pais podem te dar aqui, tenha certeza que lá será um pouco mais restrito.

      Se você é, porém aquela pós-adolescente normal, que vai pra balda de vez em quando, estuda, e bebe ocasionalmente, ainda assim é uma ótima oportunidade.

      A minha opinião é que se pode esperar até os 21 para se inscrever no programa. Será mais fácil e você poderá maturar a ideia de viver em cultura diferente, ter que se virar por lá e morar com gente que nunca será sua família.

      #Sucesso.

      Excluir