terça-feira, outubro 15, 2013

Eu, Au Pair

Meninos e meninas, au pairs ou não, bom dia!

 O meu nome é Lisa, ex au pair na Holanda e a mais nova colaboradora do blog. Acho que antes de começar a contar minhas experiências e dar minhas diquinhas, vou falar como eu decidi ser Au Pair.
 Minha matéria preferida na escola era a história e adorava ver filmes que tinham como cenário cidades européias como Roma, Paris ou Londres. Além disso, estudei inglês por 4 anos e depois comecei a dar aulas, então a vontade de colocar meu conhecimento em prática por um tempo no velho continente aumentava a cada dia.
 Como querer nem sempre é poder, foi difícil encontrar a melhor maneira de passar um tempinho fora. Achava praticamente impossível conseguir juntar uma grana para poder bancar um intercâmbio. Via muitos colegas fazendo intercâmbio de um mês na Inglaterra ou Canadá, mas achava que não valia tanto a pena pelo preço e pelo tempo disponível para viajar. Na boa, eu queria mesmo era conhecer lugares e não estudar a língua. Os meus anos estudando seriam o suficiente para me virar, hehe.
  Eu lembro que tive uma professora de inglês que fora Au Pair nos EUA. Adorava as histórias que ela contava, mas só fui considerar o programa conversando com um amigo, que queria ser Au Pair também. Começamos a visitar algumas agências e fui me encantando cada vez mais com a idéia. Gostava da segurança que ele passava por ficar numa casa como parte de uma família e assim conhecer mais a fundo a cultura do país escolhido. 
 Eu já estava decidida. Aqui no Brasil, as coisas não estavam indo tão bem no emprego, fiz uma faculdade que não deu certo e andava bem desanimada, então precisava fazer algo grandioso por mim mesma. Ainda assim, estava insegura. Afinal, seria um ano fora de casa, tendo que me virar e, apesar de ter todo o suporte da agência e da host family, iria estar sozinha em um país estranho, de língua esquisita e exercendo uma atividade de muita responsabilidade.  Quando a minha ficha caiu mesmo de que eu iria morar fora, tive um medinho de não conseguir. Eu tive um match com uma família tão legal que achava que não merecia. Estava até me preparando psicologicamente para um rematch e ainda nem tinha chegado lá, hahaha. 
  Eu sempre gostei de crianças, claro, mas fazia tempo que não tinha tanto contato com elas, na minha família a maioria já virou marmanjo. Comecei a dar aulas para crianças e fazer um estágio no orfanato da minha cidade. Foram experiências muito prazerosas, assim como a que eu tive com minhas kids holandesas. 
 Muitos me perguntavam: Por que Holanda?
 Fácil. Como eu disse antes, o que eu queria mesmo era conhecer a Europa, mas além do português, eu só falo inglês, e a Holanda é um dos únicos países europeus que aceitam Au Pairs que falam inglês. Um outro objetivo era conhecer o maior número de lugares possíveis, e a Holanda tem uma boa posição geográfica para tal. Outras razões que percebi lá, mas que fazem o país uma opção muito boa para esse tipo de intercâmbio é o povo, que é bem amigável comparado com o resto da Europa. Não é nada comparado com brasileiro, que conhece estrangeiro e logo convida para uma caipirinha e um churrasco em casa, mas é um povo bem simpático sim. Pretendo discutir essas questões melhor em um outro post. E para completar, é um país nanico mas com muito lugar LINDO!  
    
Para ilustrar o primeiro post, acho que nada melhor do que uma foto do meu primeiro passeio na Holanda e de bike :))

Até o próximo dia 15, gente!

6 comentários :

  1. Anônimo15/10/13

    Na Holanda se fala holandês mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Anônimo15/10/13

      Holandês é a língua oficial, mas a população fala inglês fluentemente. Durante um ano que fiquei lá, conheci apenas uma holandesa que não falava. ;)

      Excluir
  2. Natalia t15/10/13

    Você foi com quantos anos? O que você acha de meninas que vão com 19 anos? Holanda deve ser muito linda né?! Você poderia me indicar cursos? Online e ate métodos de estudos? Seja bem-vinda no site!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo15/10/13

      Fui com 22, mas acho que idade ideal é muito relativa. Depende muito da sua maturidade. A Holanda é um país maravilhoso. Nos próximos posts vou postar mais fotos.
      Na Holanda, a bolsa de estudos na au pair não é muito alta (350 euros no ano que estive lá), então a maioria acaba fazendo um curso de idiomas mesmo. A Volksuniversiteit é uma escola famosa que recebe bastante au pairs. Eu preferi fazer alemão no Goethe Institut, que tem unidade em Sp também.

      http://www.volksuniversiteit.nl/
      http://www.goethe.de/ins/nl/ams/deindex.htm?wt_sc=niederlande

      Lisa

      :)

      Excluir
  3. Natalia t16/10/13

    Muito obrigada pelas dicas!! E o seu inglês antes viajar, você fez cursos ou estudava em casa? Beijos lisa!!

    ResponderExcluir