sexta-feira, dezembro 06, 2013

E se as crianças se esquecerem de mim?

Eae aupovo, tudo certo?
O post desse mês vem de mãos dadas com o da Isa, que fala lindamente sobre como é escolher o Au Pair substituto.
Depois de 1 ano e meio de volta à minha terra, as kids estão no 8º Au Pair delas e na minha ultima conversa com eles por skype surgiu um sentimento novo: Ciúmes do novo Au Pair!

(Eu, em pânico)

Pois é, demorou mas bateu. E creio que isso ocorra com todo ex-au pair. O motivo da demora? Eu explico:
Saí das americas com a consciência limpa! Minha host family me amava e era contra o meu desejo de voltar, respeitavam, mas não queriam. Quando voltei, continuei conversando com minha host, ela me fez propostas de voltar e pelo ano que se passou ela sempre me dizia: "You know, the new Au Pair is great with the house, he is responsable and he is a great cook. But not so good with the kids though. They don't seem to connect with him, he is not you." - E isso me matava porque eu ajudei no processo de escolha do novo au pair e achei, de verdade, que ele seria diferente.

O ano se passou e recebi um e-mail pra avaliar novos candidatos pra preencher a vaga de au pair (Na minha host family é assim: a host seleciona os que ela mais gostar e manda pra todos os antigos Au Pairs. Nós fazemos skype, conversamos entre nós e damos nossa opinião. Por ultimo, eles escolhem). Adorei o Au Pair novo, dedicado, esforçado, honesto e tals, fiquei super feliz... Até a semana passada!

Fizemos skype e estava tudo normal, as kids me contando como foi o Thanksgiving, etc... E perguntei: "- Como esta o novo Au Pair?"
Seguem abaixo as respostas de acordo com o que eu me lembro ou o que minha cabecinha criou:

- "Eddy, he is great! He is so much better than you on sports!"
- "He is awesome! We have so much fun with him!"
- "OMG he is so much prettier than you and he is european, you can't beat that!"
- "He is the perfect Au Pair, not like you Eddy, you ain't no good."


Okay, eu exagerei nas duas ultimas, mas foi assim que me senti. Meu, como é que eles estão gostando de outro au pair mais do que a mim? Não pode? Na mesma hora comecei a me sentir péssimo e numa atitude desesperada, comecei a lembrar eles de momentos bacanas que a gente passou junto e quanta diversão a gente teve. Comecei a pensar que eles estavam se esquecendo de mim... É claro, os skypes não são mais tão frequentes, eles não se lembram de mim todos os dias e daqui a pouco vão se esquecer de mim totalmente. Afinal, eu sou só mais um au pair no meio de 8 que já passaram por essa família.

Amigos, a resposta para o meu problema veio em 3 minutos, quando pedi pra falar com o Au Pair e saber como estavam as coisas com ele:

"- Hey Eddy, how are you? I've been meaning to talk to you. Can I ask you a question?

- Sure!

- What did you do to these kids? Seriously!

(naquele momento eu me preparei pra ouvir tudo de ruim que eles falaram de mim pra ele)

- Eddy, they won't stop talking about you and telling me how much fun you were. My songs are never as good as your songs, they always tell stories about you and the hosts really love you. How did you do that? I try hard but they only talk about you!"

(me senti assim)


E foi então que eu percebi. Todo esse tempo eu fiquei preocupado achando que ele era melhor do que eu e, na verdade, ele estava com os mesmos pensamentos sobre mim. Conversei com ele, disse que passei pela mesma situação, dei umas dicas e percebi que ele ama muito aquelas crianças, elas estão em boas mãos, com certeza.

A lição é: crianças vão fazer você ficar insegura (o) o tempo todo. Antes do embarque você vai pensar que elas não vão gostar de você durante o seu ano de au pair. Quando você estiver lá, vai ficar insegura e achar que eles gostam mais do antigo au pair. E quando voltar, vai ter medo de que eles te esqueçam e te substituam. A verdade é que as crianças tem muito amor pra dar e que o espaço que você preencheu no coraçãozinho delas é eterno, não vai apagar. Não importa se a nova au pair é uma Super Nanny, ela não é você e nunca será, não há formas de apagar a sua influência nas kids e elas sempre vão lembrar de você de uma forma especial.

Espero que o post tenha sido de ajuda pra vocês.

Abraços!

3 comentários :

  1. Eddy, que post ótimo!!!!
    =)

    ResponderExcluir
  2. Eu amei o post, eu ri e quase chorei com ele. Decidi entrar nessa de Au Pair agora e estou com muito medo, mas espero conquistar a host family como você. Parabéns!

    ResponderExcluir