sábado, março 15, 2014

Livin' the Swiss Dream (1)

Oi, gente, tudo bom com vocês?
Hoje eu tô aqui pra falar de coisa boa, vamos falar de Top Therm? Brincadiera. Vamos falar de ser au pair na Suíça?
Antes de começar já vou avisar: o post ficou longo, ok???
Resolvi que neste mês vou dar um geralzão da Suíça para vocês e, conforme eu for tendo mais informações, vou postando aqui. Espero que gostem.
Bom, mês passado eu passei alguns dias em Zurique e, além de tirar lindas fotos e conhecer lugares bacanas, eu pesquisei um pouco sobre como ser Au Pair na Suíça. Confesso que a burocracia é um pouco complicada, mas acho que vale a pena.
Esta é a vista da torre de uma das igrejas de Zurique.

Primeiro vou fazer uma breve apresentação do país e, depois, falo mais da vida de Au Pair por lá.
Vamos lá: A Suíça fica na Europa (vai que alguém não sabe!) e lá não tem praia pois o país é cercado por outros países como a França (na região oeste), Alemanha ( predominantemente ao norte), Áustria (ao leste), Lichetenstein (um mini país que usa tudo da Suíça, desde o dinheiro, até a polícia) e Itália (predominantemente ao Sul). Com todos esses países cercando a Suíça, já é esperado que a questão linguística seja bem complicada. Lá se falam predominantemente o alemão-suíço, o francês, o italiano e o romanche. Contudo, todo mundo nas grandes cidades fala inglês e quase todo mundo no país fala francês. Os produtos do supermercado tem nos rótulos todas as línguas oficiais do país, então, se você sabe um pouquinho de uma delas já dá pra se virar bem.

Quanto à localização, a Suíça é conhecida pelos seus alpes gigantes e pela prática de esportes de inverno. Há, de fato, alguns lugares muito altos, em Valais, por exemplo, há montanhas com mais de 4.000 metros de altura. Mas se você estiver em Zurique, há um lugar bem pertinho, em St. Gallen - aproximadamente 1 hora de carro- onde se pode esquiar ou escorregar com trenós, o que é muito divertido. Além desses lugares, o país está repleto de Spas de águas quentes e parque aquáticos aquecidos também.

Pra quem gosta de passar um final de semana tranquilo, 
as montanhas de St. Gallen são um ótima opção

Em relação ao custo de vida a coisa complica um pouco. A Suíça é considerada um dos países mais caros para se viver na Europa. Eu gastava em torno de 40,00 francos (mais ou menos 100,00 reais) no mercado a cada três dias, isso porque eu só comprava coisas para café da manhã e jantar.

Falando em comida, se preparem, os suíços comem muito pouco! Se você é que nem eu que está acostumada com fartura no café e no almoço, e um jantar mais tranquilo, é melhor começar a mudar isso desde já. Os suíços, pelo menos os que eu conheci, não são de comer de manhã e nem param muito tempo para almoçar, sendo o jantar a refeição mais importante do dia. Vou contar um causo da minha estadia lá, só pra ilustrar: Eu estava ficando na casa dos pais do meu namorado e eis que um belo dia a gente acordou ao meio dia e a idéia era ir ao zoo na parte da tarde. Ao acordar a gente comeu 1 pacote pequeno de “club social” com um copo de leite com chocolate. Ao chegar no zoo, por volta das 14h30, a gente comprou pipoca. Às 17h00 eu estava esfomeada, sonhando com aquele crepe com Nutela e perguntei:
 - Rico, vamos comer? – eis que o bonito responde:
- Nossa, você tá com fome?
- Claro, a gente só comeu pipoca o dia todo. Você não tá com fome?
E a resposta foi:
- Não, pipoca enche pra caramba!
Eu fiz a cara de WTF!!!!! Pipoca não mais fome ainda, gente????
Bem, cheguei na casa dele e tinha um quiche PARA DIVIDIRMOS EM QUATRO PESSOAS! Resultado: fui dormir com fome. Depois dessa, aprendi a sempre falar quando sentia fome, pra, pelo menos, não ficar irritada até a hora da próxima refeição.
Macarrão ao molho carbonara e salada de rabanetes. 
Culinária local mode on!
Bom, antes de entrar no assunto Au Pair, eu só quero esclarecer mais uma coisa: Na Suíça a moeda é o franco Suíço, que é mais barato que o Euro e isso ajuda no bolso.

Agora, o que você precisa para ser au pair na Suíça:
1.       Ter entre 18 e 24 anos
Obs.: Alguns Kantons (como se fossem os estado) aceitam meninas de 25, mas o consulado da Suíça no Brasil ainda não sabe disso, então é melhor entrar em contato com agências de lá para se certificar.
2.       Sua língua mãe não pode ser nenhuma das línguas faladas no kanton que você vai.
3.       Não ter feito cursos de Idiomas na Suíça.
4.       Não ser casada ou ter filhos
5.       Ter condições de pagar por agências credenciadas na SECO

Sobre o programa:
1.       Você pode ficar na Suíça por  um ano no mínimo
2.       Você vai para lá para cuidar de crianças e fazer alguns serviços de casa básicos.
3.       Normalmente você recebe de 500 a 700 francos suíços, mas você pode ganhar até 990 francos suíços.
4.       Você tem que pagar mais ou menos 5 francos suíços por mês de imposto, mas o total será pago de um vez antes do seu período de Au Pair terminar.
5.       Você terá um lugar para ficar e comer de graça, oferecido pela família.
6.  Você trabalhará 30 horas por semana, sendo que, pelo menos 15 horas deverão ser acompanhadas de um dos hosts.
7.       Se você tiver mais que 20 anos, você terá 5 semanas de férias.
8.     Você terá, pelo menos, um dia completo de folga por semana. Mas, mais uma vez, a regra muda de acordo com cada Kanton.
9.       A au pair na Suíça tem que fazer um curso de línguas que será pago pela host family.
10.   Normalmente a au pair paga metade do seguro saúde e a outra metade é paga pela host family.

Bom, gente, acho que por enquanto é isso. Se alguém quiser mais dicas de onde ir, o que fazer, onde comer, onde morar, etc,  pode me mandar e-mail para : luanapizzipucc@gmail.com . Eu respondo com carinho. Não postei as agências da Suíça aqui porque não são todas que trabalham com brasileiras e é tudo meio jogado, mas quem quiser saber mais, pode me escrever.

Pra deixar vontade, a vista de uma das 
montanhas onde dá pra esquiar em St. Gallen.
O lado de cá é Suíça, o de lá é Áustria!


Beijinhos e até a próxima,
Luana


11 comentários:

  1. Que legal. Nunca ouvi ninguém falar sobre ser Au Pair na Suiça. Precisa saber falar qual língua (intermediário) para ir pra lá?
    Adorei o post, bem diferente. Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Roberta, então, você não pode ter como língua materna língua nativa do Kanton e é bom ter conhecimento em Inglês, mas nao tem obrigatoriedade de saber algum idioma.
      Que bom que gostou do post. Beijoss

      Excluir
    2. Ah que bom!!! Seria super diferente ser Au Pair lá (ou aí). Mas, já vi que a burocracia é enorme. Obrigada <3

      Excluir
  2. Anônimo1/6/14

    Olá queridas ex, atuais e futuras au pairs,
    muito legal esse post, porém acho que falta uma certa falta de informação(da vida real, de alguém que tenha sido au pair lá)...
    Moro fora do Brasil há 6 anos, dos quais alguns na Suíça como estudante.
    eu queria ter sido au pair lá, mas não teve como por causa da minha nacionalidade brasileira.
    Procurei inúmeras vezes saber em vários cantões se é possível uma pessoa com nacionalidade brasileira obter visto para ser au pair lá, e a resposta de todos os cantões(e agências) foi a mesma: NÃO!
    segundo o que os órgãos competentes me informaram é que cada cidade na Suíça tem um limite de emissões de visto para estrangeiros e um limite de vistos por nacionalidades (países fora da UE), e na seção "au pair" não consta nenhum visto disponível para brasileiros. Essa história de "você pode ser au pair lá se tiver dinheiro para pagar uma agência reconhecida..." parece ser fácil , mas não na vida real e nem para as brasileiras até onde entendi. A maioria das au pairs lá são meninas da Suíça mesmo, que trocam de região: quem mora na àrea francófona vai aprender alemão e vice-versa, ou meninas da UE, que devido à circulação livre não precisam de visto.
    Bem, deixo claro que essa foi a MINHA experiência ao tentar ser au pair na Federação Helvética, talvez as coisas tenham mudado, mas até onde sei, não.
    O dia em que vocês encontrarem uma brasileira que saiu do Brasil pra ser au pair na Suíça me avisem por favor :-) gostaria de falar com ela e saber como conseguiu. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, soh vi seu comentario agora. Entao, a agência de St. Gallen aceita brasileiras ee tinham mais ou menos 12 vagas no total. Mas soh podia ateh 24 anos e eu iria com vinte e cinco. Meu namorado eh de la e ligou na agencia de Zurique e eles nao aceitavam brasileiros, por isso deram o tel. de st gallen. Tem uma menina q ej au pair la e ta no grupo AuPair no facebook. Conversei com ela em janeiro e ela q me passou o tel da agencia em Zurique

      Excluir
  3. Quanto custa a agência-visto, geralmente? A agência go2talk pode ser considerada melhor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O visto eu nao sei pq como eu mudei de ideia eu nao fui atras. Qyanto à agência eu nao me lembro o nome mas era 400 francos, mas soh pagava dps de fechar com a familia

      Excluir
  4. Tem agências pra me indicar?

    ResponderExcluir
  5. Olá, meninas! Seguinte, eu tenho 25 anos e estou tentando trabalhar como Au pair na região de Zug. Eu fiz o meu cadastro no site aupair.com e lá encontrei uma família. Estamos em contato com a agência Pro filia e com a agência go2talk. As duas são as mais recomendadas. Ainda não sei exatamente quanto tempo posso ficar por lá, se apenas um ano ou dois. Não sei! Alguém aí já fez o programa pra Suíça, que pudesse orientar? E em relação ao tempo que esperamos pelo visto? Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Olá, meninas! Seguinte, eu tenho 25 anos e estou tentando trabalhar como Au pair na região de Zug. Eu fiz o meu cadastro no site aupair.com e lá encontrei uma família. Estamos em contato com a agência Pro filia e com a agência go2talk. As duas são as mais recomendadas. Ainda não sei exatamente quanto tempo posso ficar por lá, se apenas um ano ou dois. Não sei! Alguém aí já fez o programa pra Suíça, que pudesse orientar? E em relação ao tempo que esperamos pelo visto? Obrigada!

    ResponderExcluir