terça-feira, agosto 19, 2014

Alergias alimentares, como lidar?

Oi galera, tudo bem?

Hoje eu vou falar sobre um assunto que pelo menos eu, enquanto estava no Brasil não ouvia falar muito sobre crianças que tem intolerância ou alergia a alimentos.


Quando eu estava fazendo a entrevista com a então a qual seria a host family do meu primeiro ano, usei aquela listinha que consultamos nos grupos, e tinha aquela pergunta: As crianças tem alergias alimentares? E eis que a host mom respondeu: A D não tem nenhuma, porém o S, tem alergia a glúten, amendoim e derivados, trigo, ovos, leite, peixes e frutos do mar. 
Minha primeira reação foi OMG! Como lidar? Quase tudo tem trigo ou ovos ou leite! Mesmo assim, aceitei o desafio! 
Quando cheguei, recebi várias orientações, inclusive de como agir em caso de emergência.
Na verdade, o maior desafio durante o ano, foi vigiar a menina para não dar comidas que o irmão não podia comer.
Se aparecer uma família com crianças alérgicas, não fique com medo! Mas se prepare para um ano de atenção redobrada, e aí vão algumas dicas:
Nos primeiros dias, repasse com os pais quais são os alimentos que podem ou não podem ser dados para a criança, onde costumam comprar.
Em restaurantes, tenha certeza que a comida que a criança vai comer não tenha contato com os alimentos que eles não podem comer, por exemplo, há muitas hamburguerias que fritam suas batatas em óleo de amendoim, o que pode dar reação alérgica.
Em lugares públicos, a atenção tem que ser redobrada, pois pode ser que a criança aceite snacks de desconhecidos. Eu costumava ter Playdates com as mesmas pessoas que eu fiz saber no primeiro momento o que ele não podia, no playground que eu freqüentava sempre com ele, todas as mães que sempre estavam por lá, também sabiam.
Leia sempre os rótulos dos alimentos, sempre tenha certeza que realmete não tem nenhum componente. Se vocês notarem algumas caixas nos EUA, tem avisos que pode ter traços de amendoim ou soja.
Tenha certeza que você está preparada para agir em caso de intoxicação, pois dependendo do caso, uma injeção de emergência tem que ser aplicada e isso tem que ser com muita calma. Minha ex-host mom rasgou a perna do menino no desespero.
Fora essa atenção redobrada em certos pontos, o ano com uma crianças alergica é tao divertido quanto com uma criança que não é!

Vejo vocês o mês que vem! 

Beijos! 

3 comentários :

  1. Muuuito booom!!!!
    Minhas kids são.
    Na vedade a família toda aderiu a dieta por causa delas.
    São bem pequena (1 e 3 yo) e eu ainda não cheguei lá, mas fui informada que elas são intolerantes a lactose e não comem nada com glúten.

    Eu adoro cozinhar aqui, mas tudo tem queijo, leite, manteiga...
    Como vou fazer pra cozinhar para elas?
    Help!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o post Debora, eu sou celíaca (intolerante e alérgica a glutén) e intolerante a lactose e sei como é complicado quando crianças assim tão pequenas tem contato com as substancias das quais elas tem alergia ou intolerância a alguns alimentos...nada impossível só um pouco complicado hehehe. Eu estou na espera de uma host family assim como eu gluten free and dairy free hehehee.
    Inclusive criei um blog só de receitas minhas sem glutén e sem lactose super saudáveis que criei para compartilhar com outras pessoas que tenham interesse em saber mais sobre os alimentos permitidos e etc...
    Desejo muita sorte para vc Debora!!!! Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bem lembrado esse detalhe!!
    sempre foi uma das minhas primeiras perguntas, pq é realmente perigoso e a gente tem que ficar de olho
    de qualquer forma, sempre tem bastante receitas na internet e dicas para como lidar com pessoas alergicas
    ontem foi meu curso de first aids em NY, eu viajei pela bil, então não sei de outras empresas, mas tivemos uma pequena "pratica" com uma caneta que tem o remedio para alergias, mostrando como aplicar em video e com canetas reais (sem agulha e remedio, é claro) para aplicarmos em nós ou em outra pessoa
    boa sorte com sua familia!

    ResponderExcluir