sábado, março 07, 2015

Últimos dias: recapitulando parte I

Para refrescar a memoria de vocês, 2 meses atrás escrevi esse post que falava sobre a contagem regressiva para o fim do meu ano de Au pair na Holanda e de uma futura possível viagem ao Marrocos, mas as minhas últimas semanas não saíram exatamente como planejadas, já que praticamente tudo aconteceu ao mesmo tempo.

A primeira parte envolve muitas emoções uma vez que faltava pouquíssimo tempo até o meu dia de ir embora, adicionado ao o fato de eu não saber o que iria fazer depois do programa, à falta de dinheiro, chegada da nova Au pair e a ida da minha Host family que ia ter férias justamente durante os meus últimos dias. Ok, como se já não fosse pouca coisa pra assimilar, durante esses dias estava seguindo meu schedule normalmente, até que acabo tendo um mini acidente com uma das minhas kids na bicicleta (assunto para outro post).

Já a segunda parte pode até ser engraçada pra vocês que estão lendo, porque passar por isso foi realmente horrível. Resolvido que iria passar 2 dias em Londres e depois seguir viagem, mochilão pronto, passagens compradas, despedidas e choros, chego enfim ao aeroporto e tenho que ir até o guichê fazer o check-in porque até aquele momento não sabia qual era o problema que me impedia de fazê-lo online. 10 min depois, após ter também pedido ajuda para os outros colegas, a atendente me diz que eu tinha comprado a passagem para o mês errado. Respirei fundo e falei: ok, mas é possível eu remarcar e embarcar ainda hoje? Eu preciso sair da área de Schengen (pra quem não sabe, é um acordo entre os países da Europa. Explicarei sobre isso também, mas em outro momento) urgente!
- Sim, mas você tem que pagar 200 euros. Disse ela. 
Essa foi minha reação (mentalmente)

Agradeci e me retirei, continuei respirando fundo enquanto achava um lugar pra sentar e buscar por passagens. Depois de muito pensar, acabei comprando um outro ticket para o mesmo dia. Ou seja, fiquei desde às 8h da manhã até as 17h no aeroporto. Enquanto esperava dar o horário, lembro que não havia me despedido de uma das minhas amigas e após comunicá-la que estava prestes a embarcar, ela me avisa que está vindo. 15H45 ela chega, minha sala de embarque fechava 16h30 para o avião decolar as 17h.
 Eu estava indo viajar de low cost (leia-se EASYJET) e portanto apenas UMA bagagem de mão com tamanho delimitado é permitida, então minha amiga me ajuda a enfiar a mala do computador (que é um tanto quanto grande até porque haviam mais coisas do que só o computador lá dentro) dentro da mochila cargueira, a qual já estava super cheia por si só, após muito nervosismo da minha parte e ter pensado em me livrar de várias coisas como roupa e alguns stroopwaffles que queria levar, finalmente conseguimos.

"If it fits in, it goes on"
A bolsa do computador não tá na foto, mas ela tinha que caber aí dentro pra caber no espaço mostrado na foto acima. 
Agora começa a terceira e pior parte: Entrei, me permitiram passar com a mochila, ando um longo caminho até chegar ao ''meu'' portão. Até onde eu sabia, a segurança (de ter que abrir mala, tirar os líquido etc e tal) era feita ANTES de se chegar ao portão de embarque. Mas nesse dia, não. Me posiciono na fila (longa fila), chega minha vez e tenho que DE NOVO passar pelo sufoco com o computador, mas dessa vez tenho que retirá-lo. 
Ok, feito isso, passado pela segurança, mais uma vez tenho que colocar o computador exatamente como estava antes, caso contrário não iriam me permitir embarcar e teria que pagar 55 euros para despachar. 10 min depois e muito suor, finalmente mostro meu bilhete para embarcar! SÓ QUE NÃO! Adivinhem só: eu estava no PORTÃO ERRADO!!! Mas que sorte a minha né!


A essa altura do campeonato, manter a calma não era algo possível, comecei a surtar, faltavam 10 min para as 17h (horário em que o avião decolaria) e o portão correto era completamente do outro lado do aeroporto! Agora imaginem vocês, peço pra mulher ligar lá e avisar que to indo, pra pelo amor de Deus me esperarem! Saí correndo com uma mochila com um pouco mais de 10kg e mil casacos (porque tive que vestir tudo o que não coube), chegaram certos momentos em que eu queria desistir porque não chegava nunca! Comecei a chorar enquanto corria (como era possível tanto azar ou falta de atenção – forma como a maioria vê isso). 
No aeroporto sempre têm aqueles carrinho que os funcionários usam, tentei pedir pra um deles se podia me levar, mas para minha surpresa, todo mundo em Amsterdam fala inglês, EXCETO o funcionário com que falei. LOL

Continuei correndo, finalmente cheguei na minha área de embarque (não no portão), porqu
e adivinhem só, tinha que passar pela segurança MAIS UMA fucking VEZ! Mas como já disse anteriormente, tirar a mala do computador e colocá-la de volta não é fácil. 
Detalhe que quando cheguei lá, eu já estava chorando TANTO que uma das seguranças deixou eu não retirar o notebook, porque ela viu meu estado e sabia que eu ia perder o vôo, até que uma mal amada outra segurança veio e disse que não importava, eu era obrigada a tirar. 


Lógico que não fui me preocupar em colocar as coisas de volta em ordem, porque tudo o que eu queria era não perder o avião então sai correndo, desengonçada com todas as minhas coisas penduradas muito desorgazidamente e quase que caindo tudo pelo caminho.

E claro que para completar toda a saga, o avião já havia decolado quando cheguei. Joguei todas as minhas coisas no chão, sentei e continuei chorando. Não sabia o que fazer, porque já tinha gastado dinheiro nessa brincadeira, não tinha a minha chave pra voltar pra casa da Host family e eles também não poderiam abrir a porta porque estavam em férias. ( E na minha cabeça eu tava sem rumo, porque só tinha permissão para ficar no país até o cujo dia).
Aí estava o detalhe e um dos grandes erros, era dia 25.02 e eu tinha até o dia 27 para sair do país. Só fui me dar conta disso, depois de ir até a imigração e perguntar pro oficial o que eu fazia. Então tentei ligar para duas amigas pra saber se podia ir para a casa de uma delas. Ninguém atendeu. 
TO BE CONTINUED.... (me desculpem pelo post longo, mas a estória é longa)

2 comentários :

  1. Anônimo7/3/15

    Meninaaaaaaaaa, que história! :O
    Espero que tenha dado tudo certo no final <3

    ResponderExcluir
  2. Nossa guria que horroooor! :'( quero saber o resto da história...

    ResponderExcluir