sexta-feira, junho 23, 2017

8 coisas que aprendi sendo Au pair

Ola meninxs! Mais um mês acabando e junto com ele, meus últimos meses como au pair! O que? Como assim? Assunto para o próximo post. Hoje eu vim falar, de maneira resumida obviamente, sobre como o programa de au pair me ajudou na minha vida pessoal e profissional.



1- Organização: gente não sei vocês, mas eu sempre fui MUITO bagunceira. Ser au pair, me obrigou a ser mais organizada, a tentar manter o meu ambiente de "trabalho" e convívio diário o mais limpo e organizado possível. Eu trabalhava fora no Brasil, então a minha percepção sobre isso mudou muito!



2- Cozinhar: Gente claro que eu sabia cozinhar, mas eu NUNCA tive a necessidade real de cozinhar pra uma família, e muito menos para crianças. Se eu fazia algo, era casual, não parte do meu trabalho, eu não tinha o compromisso real de alimentar crianças. Eu nunca gostei de cozinhar, mas ser au pair me ajudou muito a melhorar essa habilidade.
3- Otimizar tempo: Nunca fui organizada com relação ao meu tempo, eu tinha meu horário de trabalho, mas fora isso, nunca tentei de fato otimizar e organizar meu tempo. Bom, nesse 1 ano e 9 meses de au pair, eu aprendi que o melhor caminho para aproveitar mais, é se organizar diariamente: Tempo pra ler, estudar, cozinhar, trabalhar, esportes, etc. Isso ajuda a manter a cabeça e o corpo equilibrados.

4- Limpeza: Ta falei de organização, mas agora eu to falando é de faxina mesmo! Os europeus de modo geral tem uma maneira diferente de fazer faxina, e isso foi uma reeducação (Ex: nao lavar banheiro toda semana, e nunca lavar o quintal).

5- Separação do Lixo: No Brasil não é novidade nenhuma que não temos que coleta de lixo seletivo. Bom, tanto na Alemanha quanto na Áustria isso é bem sério e pode até ser levada uma multa caso você não separe o lixo corretamente.



6- Usar maquina de lavar louças: Gente, no começo acho que todxs brasileirxs tem a mesma reação né? O QUEE? Vou por a louça nessa maquina? Isso não lava direito!! Pois não só lava muito bem, como ela virou minha melhor amiga!

7 -  Cuidar de mim mesma: Ta, não que eu não soubesse antes, mas aqui, longe de casa, sem família, e as vezes até sem amigos, a gente entende de verdade o que é estar sozinho. Não temos aquela mãe pra passar na farmácia e comprar aquele remédio, ou sua melhor amiga pra ir com você no médico. A gente aprende a pensar em nós mesmos sempre, e cuidar de nós mesmos, porque sabemos que se não o fizermos ninguém o fará. 


*Isso também vale pelo fato de ter que ter aprendido a pintar hidratar meu cabelo sozinha, bem como minhas unhas e depilações etc.

8 - Dar valor aos simples momentos: Sei que soa um clichê, e talvez seja, mas gente, sério. Como é difícil ficar quase dois anos longe do nosso país (independente da situação econômica e politica do mesmo), e principalmente da nossa família. Quase dois anos sem abraçar seus pais, sem ver seus irmãos, amigos, etc. É realmente um desafio enorme ser au pair, e estar aqui me fazer dar valor ao pequenos grandes momentos que tive (e ainda terei) com a minha família.

É isso aí, vejo vocês no próximo dia 23 e um terror chamado: FÉRIAS DE VERÃO socorr


Beijos

Samanta



0 comentários :

Postar um comentário