domingo, junho 24, 2018

O dia em que tudo deu errado

Tomar vinho e bater papo com meus hosts no backyard era uma das coisas que eu mais gostava de fazer. Realmente, tudo deu mais certo do que errado 💖

Não posso reclamar. Durante o meu tempo como Au Pair as coisas deram mais certo do que errado. A gente passa vários perrengues e acaba se virando e tirando - quase que - de letra todos eles. Engolindo choro, dando a cara a tapa e mandando ver.

Mas nesse dia, não. Nesse dia deu tudo errado.

Já tinha completado um ano com a minha host family e havia estendido o programa. Para o meu segundo ano era necessário ter a drive license, porque a Permissão Internacional para Dirigir (PID) já não valia mais.

Naquela manhã eu estava indo com a minha amiga para Waterbury, cidade a 40 minutos de Glastonbury (onde eu morava) para fazer a prova prática de direção. Treinei estacionar de ré, algo que era minha dificuldade até então. Estava confiante. Afinal, eu já estava dirigindo pelas ruas dos EUA há um ano.

Estava frio e tinha nevado alguns dias antes. Nos Estados Unidos você pode fazer a prova com o seu próprio carro, o que é ótimo. Na estrada (eu quem estava no volante), um bloco de gelo ‘voou’ da parte de cima do caminhão na nossa frente, pegando no meu para-brisa, do lado do passageiro. Sério. Eu “vi” o vidro quebrando. O barulho foi grande. Mas não quebrou. Nem trincou. Nem nada. Ainda bem.

Chegamos ao local da prova e minha amiga ficou me esperando. Mandei bem na direção. Tomei cuidado para não ir muito rápido, parar em todos os PARES e tals (porque quem dirige tem uns macetes). Ao estacionar de ré e muito bem, por sinal, desci do carro e a “perita” que me acompanhou disse: alguém buzinou pra você no farol, porque estava um pouco devagar. Por isso não posso te aprovar.

O QUÊ? Eu fiquei com tanto medo de ultrapassar a velocidade pra ela me reprovar por estar devagar? Chorei rios e remarquei a prova.

O dia estava chegando ao fim e eu fui buscar o mais velho na High School, depois da natação. Mas eu esqueci a luz do carro ligada durante, sei lá, uns freaking 30 minutos. Quando eu dei partida no carro para irmos embora… O carro estava sem bateria. Eu já estava nervosa/chateada pelos acontecimentos anteriores. Mais essa agora?

Liguei pro meu host, super sem graça. E ele foi me socorrer. Antes de sair da High School ele me disse pra estacionar na garagem de casa, do lado do carro dele. Assim ele poderia fazer a famosa “chupeta”. Meu carro sempre ficou na drive way. Porque eram duas vagas na garagem: uma para um dos carros dele e outra para a mini van da minha host. Como ela ainda não tinha chegado, eu poderia estacionar na vaga dela.

Chegando em casa, calculei mal e dei uma raspadinha/batidinha na parede, na entrada da garagem. Pô, Mari, tudo no mesmo dia? Consertei e estacionei direitinho.

Desci do carro. Meu host atrás de mim. Pedi desculpas e disse algo do tipo: Que dia péssimo! Desculpa! Mesmo! Me fala quanto vai ficar e eu arco com o prejuízo. (Que não foi grande, mas, cara, o carro não era meu e tem a parte da consciência também, né?!)

Meu host, muito gente boa, parça, disse: yeah, it’s not a good day. But don’t worry! (Pois é, não é um dia bom. Mas não se preocupe!)

Eu entrei em casa e fui tomar uma água. Quando ele entrou, eu pedi desculpas de novo e ele disse: it’s ok. Ao que eu respondi: no it is not! E desabei! Ele nunca tinha me visto chorar. Ele deu a volta no balcão central, me abraçou e disse: it’s ok, Mari. It’s Just a car. I know your day wasn’t good. Go have some rest! (Está tudo bem Mari. É só um carro. Eu sei que você não teve um dia bom. Vá descansar um pouco!)

Desci para o quarto e, passados uns 40 minutos, minha host bateu na porta. Abri e lá estava ela: com duas taças de vinho branco. Uma pra mim e outra pra ela. Ela queria me ouvir sobre meu dia. Conversamos por 1h, se não foi mais. E eu me acalmei!

Naquela noite, durante o jantar, com a família reunida ao redor da mesa, eu percebi que o meu dia tinha dado errado até ali. Pois ser Au Pair numa família maravilhosa, compreensiva e humana… tinha dado muito certo!!!

Kisses, everyone! 😘

Nenhum comentário:

Postar um comentário