segunda-feira, dezembro 17, 2012

Experiências Desagradáveis nos EUA #1

Então, minhas lindas, como é de se esperar, nem tudo são flores aqui na terra do Tio Sam, por isso hoje venho compartilhar com vocês minha experiência não tão agradável com a polícia americana.



Eis que é festa de despedida de uma amiga brasileira que estava voltando para casa depois de um ano e meio aqui nos EUA. Então beleza, primeiro um jantarzinho num restaurante mexicano e depois uma baladinha num clube... Gabi é under 21, por isso foi escalada pra ser a motorista da rodada já que não ia poder beber mesmo. Tudo bem, nem ligo.

Ressaltando que eu ainda não tinha minha habilitação da Califórnia, só a do Brasil, a internacional, e a minha permit, que é a permissão para dirigir que a gente pega depois de fazer o teste escrito.

Então tudo lindo, fomos pro restaurante, depois pro clube, duas brasileiras e uma colombiana e uma alemã just having fun. As bonitinhas todas maiores de idade enchendo a cara e eu bebendo RedBull.

Não sei se vocês sabem, mas balada aqui acaba super cedo, então era mais ou menos uma e meia da manhã a gente resolveu ir embora.

Porém, num momento de lerdeza extrema da minha pessoa, saí do estacionamento do clube com minhas luzes apagadas. 

Quem aí conhece a Lei de Murphy? Porque ela rege minha vida, gente. Acreditem.

Eu não cheguei a dirigir um quarteirão com as luzes apagadas... coisa de 30 segundos, que foram suficientes para eu olhar no retrovisor e ver as luzinhas azuis e vermelhas piscando atrás da gente.

E então que o desespero bateu. Eu não tinha bebido nada, mas eu estava com três meninas alcoolizadas dentro do carro. Entreguei pra Deus e encostei. HAHA

Vou reproduzir a conversa com o senhor policial.

P: Pode desligar o carro, fazendo favor?
G: Claro.
P: Posso ver sua habilitação e o seguro?
G: Só um segundo (nisso estou revirando minha bolsa o porta luvas do carro pra achar os documentos e então os entreguei para ele).
P: (olha os documentos) Você sabe que eu te parei porque você estava com suas luzes apagadas.
G: Sim.
P: Esse carro é seu?
G: Não, da minha host family.
P: Host family?
G: Sim, sou uma AuPair.
P: Ok, então, onde vocês estavam essa noite?
G: OutPost (nome do clube).
P: Andaram bebendo essa noite?
G: Elas sim, eu não... Sou under 21.
P: Ok. Só um minuto que eu vou checar os documentos no carro.

E ele levou vinte minutos pra fazer isso, e eu tremendo e quase tendo um filho de nervoso no carro com três meninas bebadas falando sem parar e tudo que eu conseguia pensar era "Ferrou, tô voltando pro Brasil", mesmo que eu não tinha motivos para isso. Mas na hora passa de tudo na cabeça da gente...

Então ele voltou com meus documentos, me devolveu tudo e disse:

P: Tudo certo, mas vou te multar pelas luzes apagadas.
G: Ok.

O que mais eu poderia dizer? Minha vontade era de implorar para ele não fazer isso, porque cara, MENOS DE UM QUARTEIRÃO. Ele poderia só me dar um aviso ou sei lá...

E nessa brincadeirinha, minha gente, foram 247 dólares de multa, por 30 segundos com minhas luzes apagadas. Tá bom ou quer mais?

Por isso eu aviso, tomem muito cuidado com o trânsito aqui meninas, porque eles não perdoam nada mesmo. Bobeou, levou multa (e passou apertado com toda a situação).

2 comentários :

  1. luandinha =)17/12/12

    noooooooooossa que caro! tive que pagar uma de 95 dólares por excesso de velocidade, fui pra côrte e tudo mas foi super tranquilo... essa polícia que teima em ser tão eficiente é um saco às vezes hein hahaha

    ResponderExcluir
  2. Gisella18/12/12

    levei uma multa por speed e foi 235 dolares, depois de 4 meses chegou mais um negocio de 100 pra pagar =/ Moro em NY (Otimo post, as always Gabi!)

    ResponderExcluir